Vocalista do U2 faz show da "liberdade" em metrô de Kiev

KIEV (Reuters) - O vocalista do grupo de rock irlandês U2, Bono, e seu colega de banda The Edge fizeram um show de 40 minutos em uma estação de metrô na capital ucraniana, Kiev, neste domingo, e exaltaram os ucranianos que estão lutando por sua liberdade.

"Seu presidente lidera o mundo pela causa da liberdade neste momento... O povo da Ucrânia não está apenas lutando por sua própria liberdade, está lutando por todos nós que amamos a liberdade", disse Bono a uma multidão de mais de 100 pessoas reunidas dentro da estação de metrô Khreshchatyk. Ele se referia ao presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy.

A Rússia invadiu a Ucrânia em 24 de fevereiro, pressionando forças em direção à Kiev antes de retirar suas tropas de perto da capital no final de março para concentrar seu poder de fogo no leste ucraniano.

A Rússia, que chama sua ação na Ucrânia de "operação militar especial", continua realizando ataques com mísseis por toda a Ucrânia. No entanto, alguma vida tem retornado à Kiev, embora as sirenes de ataque aéreo ainda soem regularmente.

Bono mobilizou a multidão entre as músicas durante sua apresentação.

"Esta noite, 8 de maio, tiros vão ressoar no céu da Ucrânia, mas vocês estarão finalmente livres. Eles podem tirar suas vidas, mas nunca poderão tirar seu orgulho", disse ele.

(Reportagem de Sergiy Karazy)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos