Vogue Arábia demite princesa saudita como editora-geral

A princesa da Arábia Saudita, Deena Abdulaziz Aljuhani, foi despedida como editora-geral da Vogue Arábia, a edição da famosa revista de moda para o Oriente Médio, depois de ter sido responsável por somente dois números

A princesa da Arábia Saudita, Deena Abdulaziz Aljuhani, foi despedida como editora-geral da Vogue Arábia, a edição da famosa revista de moda para o Oriente Médio, depois de ter sido responsável por somente dois números.

O grupo editorial Nervora, com sede em Dubai, anunciou nesta sexta-feira que Manuel Arnaut será seu substituto. Ele iniciou sua carreira em Vogue Portugal e assumirá em 7 de maio.

"Rejeitei o compromisso quando senti que a linha editorial estava em conflito com os valores de nossos leitores e com o papel do redator-chefe para respeitar esses valores", declarou na quinta-feira a princesa Deena ao site de moda Business, sem dar detalhes sobre a sua saída.

Arnaut é o segundo homem em menos de uma semana a ser nomeado chefe de uma edição da Vogue, após o anúncio de Edward Enninful à frente da edição britânica.

A Vogue Arábia lançou no ano passado seu site em árabe em inglês e em março sua edição em papel. A revista é publicada pelo grupo editorial Nervora, em um acordo com a Conde Nast International.