Volkswagen trabalhará com Mobileye em direção automatizada após saída de Argo

Por Jan Schwartz

BERLIM (Reuters) - A Volkswagen planeja expandir uma cooperação com a Mobileye, da Intel, para incluir um programa de direção automatizada após a decisão de quarta-feira de não investir mais na startup de direção autônoma Argo AI, disseram duas fontes a para do plano.

A Mobileye, que desenvolve tecnologias de direção autônoma, já coopera com a unidade de software Cariad da montadora alemã.

A Volkswagen não quis comentar.

A decisão de Volkswagen e Ford de sair da Argo veio após três anos de esforços conjuntos no desenvolvimento de sistemas de direção automatizada e investimentos de mais de 3 bilhões de dólares, destacando a pressão de custos que as montadoras enfrentam nesse campo.

Enquanto a Ford teve um prejuízo de 2,7 bilhões de dólares na Argo, a VW pode ter que dar baixa contábil em mais de um bilhão de euros, disse uma fonte familiarizada com a empresa.

A israelense Mobileye abriu o capital nesta semana, sendo avaliada em mais de 20 bilhões de dólares. O diretor de comunicações, Dan Galves, disse no início da semana que, com base em suas vitórias de design com as montadoras, os sistemas de direção assistida da empresa seriam implantados em 270 milhões de carros até 2030.

(Por Jan Schwartz)