De volta à TV, Silvero Pereira viverá um peão gay no remake de 'Pantanal'

·1 minuto de leitura

Revelado na TV como Nonato na novela "A força do querer", Silvero Pereira vai voltar às novelas. E novamentre em horário nobre. O ator cearense viverá um personagem gay no remake da novela "Pantanal", prevista para estrear em 2022 na Globo.

Na trama das 21h, ele dará vida a Zaqueu, interpretado na primeira versão de 1990 por João Alberto Pinheiro, que morreu, aos 31 anos, por complicações da Aids, logo depois do fim das gravações. A última participação de Silvero na Globo foi na temporada de 2018 do "Show dos Famosos", no "Domingão do Faustão".

Em "Pantanal", o novo personagem de Silvero Pereira chega à fazenda de José Leoncio (Marcos Palmeira) como mordomo, trocando a vida no Rio de Janeiro por uma mais simples na região. Mas não demora para ele se tornar um peão. Na versão original, Zaqueu tinha um amor não correspondido por Alcides, vivido por Ângelo Antonio e que agora será o papel de Juliano Cazarré na história. O personagem caiu nas graças do público na exibição na extinta TV Manchete.

Leia também: Rafael Ilha lembra casamento com Cristiana Oliveira aos 16 anos: 'Hoje ela seria crucificada'

"Pantanal" ainda vai falar de homossexualidade e preconceito através de um outro personagem. Filho de José Leoncio, Jove, papel que será de Jesuíta Barbosa no remake, vira alvo de comentários homofóbicos e ganha o apelido de Florzô, apesar de ser heterossexual, por causa de seu lado sensível e seus modos polidos, como na hora de fazer as refeições.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos