Volta às aulas na rede municipal do Rio: confira a grade de programação na TV

·4 minuto de leitura

O ano letivo começa nesta segunda-feira na rede municipal de ensino, mas até o próximo dia 23 as aulas serão transmitidas apenas pela TV Escola — canal 2.3 na TV aberta. Diariamente, em diferentes horários, haverá conteúdo para todas as turmas dos ensinos infantil e fundamental. O material também ficará disponível no canal da MultiRio no YouTube. Para não deixar o leitor com dúvidas, o EXTRA separou as principais perguntas sobre volta às aulas na rede municipal. Para fazer o download da grade de programação na TV nesta primeira semana, clique aqui.

Confira perguntas e respostas sobre a volta às aulas:

Como vai ser a volta às aulas na segunda-feira? Onde os alunos vão poder assistir às aulas?

No dia 8/2, segunda-feira, começa o ano letivo com aulas pela TV Escola. Na TV aberta, é o canal 2.3. Na TV fechada, os números variam de acordo com a operadora: NET/CLARO – Canal 15 / CLARO TV – Canal 8 / OI TV – Canal 25 / SKY – Canal 21 / VIVO – Canal 235.

Qual o horário das aulas?

Todos os dias serão oferecidas, no total, 10 horas de aulas, no horário entre 7h30 e 20h30.

Como saber o horário de cada aula?

A grade da programação da primeira semana está disponível no site da Secretaria Municipal de Educação do Rio. https://www.rio.rj.gov.br/web/sme

Qual será o conteúdo?

Serão exibidas aulas de Matemática, Geografia, Língua Portuguesa, História, Ciências, Língua Estrangeira, Música, Artes Visuais e Cênicas.

Então, não é preciso ir à escola no dia 8?

Não. As aulas serão oferecidas, nesta primeira semana, apenas pela TV.

Quando começa a distribuição de uniforme, material escolar e cartão-alimentação?

A partir do dia 18/2. A direção de cada escola irá entrar em contato com os responsáveis dos alunos e marcar, em horários distintos e de forma ordenada, quando cada família deverá ir à escola buscar o material.

As aulas em casa são apenas pela TV Escola?

Não. Também teremos o aplicativo “RioEduca Em Casa”, que estará disponível na Play Store e na App Store e que é o nosso aplicativo de ensino. Esse aplicativo estará em funcionamento a partir do dia 23/2.

Quando os alunos voltarão para a escola?

As aulas presenciais retornam no dia 24/2 para os alunos da Pré-escola, 1º ano e 2º ano nas escolas que estiverem aptas de acordo com o protocolo sanitário.

Como saber se a escola está apta a receber alunos?

A Secretaria Municipal de Educação anunciará com antecedência as escolas aptas ao funcionamento e atualizará essa lista semanalmente.

Alunos, pais e professores terão custo para usar o aplicativo das aulas?

Não, a SME está contratando dados móveis junto às 4 grandes operadoras para que o acesso ao Aplicativo “RioEduca em casa” seja ilimitado. O acesso ao aplicativo é gratuito. Alunos e professores não vão gastar seus pacotes de dados.

Os dados contratados pela prefeitura poderão ser usados para acessar outras páginas na internet?

Não. Quando o aluno ou o professor fecham o aplicativo Rio Educa Em Casa, os dados contratados pela prefeitura parem de ser consumidos e o pacote de dado do aluno ou professor é que começa a ser usado.

Todas as escolas vão retomar as aulas presenciais na mesma data?

Não. O retorno será gradual. Por fases, com alguns anos começando semanas antes de outros, e respeitando as condições epidemiológicas da região da escola. Se uma região estiver na bandeira vermelha, ou seja, com risco de contaminação muito alto, as escolas dessa área só poderão receber 30% de seus alunos, por exemplo. Além disso, temos 44 escolas com infraestrutura em situação crítica. Essas escolas não têm condições de receber alunos agora.

E como ficarão os alunos e alunas destas escolas?

Os estudantes destas unidades ficarão no ensino remoto até que as unidades sejam reformadas.

O retorno presencial é obrigatório?

Não

E como recuperar as aulas se o aluno não comparecer presencialmente?

Ele tem a opção de fazer as aulas de forma remota.

O aluno vai levar falta e poderá ser reprovado?

Tanto no ensino remoto, quanto no ensino presencial é necessário que o estudante do Ensino Fundamental tenha 75% de frequência. E o aluno da Educação Infantil precisa ter 60% de frequência.

No remoto, o aluno terá aula com a mesma professora de sua classe?

Possivelmente. Pelo aplicativo, muitos alunos terão aulas com suas professoras. Mas isto não acontecerá nas aulas pela TV.