Volume de água no Sistema Cantareira volta a cair

Tássia Kastner - tassia.kastner@estadao.com
Estadão Conteúdo
Sistema Cantareira tem pior nível de água em 10 anos
O Sistema Cantareira, maior e principal reservatório para o abastecimento de água da cidade de São Paulo, registrou 29,9% de armazenamento nesta terça-feira, 17.

O volume de água armazenado no Sistema Cantareira, que abastece cerca de 10 milhões de clientes da Sabesp na Grande São Paulo, voltou a cair e agora está e 16,4% da capacidade, conforme levantamento diário divulgado pela companhia. Ontem o índice era de 16,5%.

Segundo a Sabesp, o volume de chuvas no acumulado neste começo de mês soma 39,3 milímetros. A média histórica para março é de 184,1 milímetros. Em fevereiro, o volume registrado foi de 73 milímetros, ante média histórica de 202,6 milímetros.

Já no sistema Alto Tietê, que abastece a Zona Leste e alguns municípios da Grande São Paulo, o nível de armazenamento passou de 38,8% para 38,6%. A pluviometria acumula no mês um total de 28,3 milímetros, enquanto a média histórica de chuvas para o mês nesse sistema é de 175,4 milímetros.