Votação do Brasil reforça confiança nas instituições democráticas, diz Departamento de Estado dos EUA

Porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Ned Price

(Reuters) - A eleição no Brasil, que viu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) eleito para um terceiro mandato como presidente, reforça a confiança nas instituições democráticas do país, disse o porta-voz do Departamento de Estado dos Estados Unidos, Ned Price, nesta segunda-feira.

Price disse que figuras de todos os espectros políticos do Brasil expressaram respeito pelo resultado da votação de domingo, quando perguntado se ele estava preocupado com o fato de o atual presidente Jair Bolsonaro (PL) não ter comentado os resultados.

"A votação reforça nossa confiança na força das instituições democráticas do Brasil, que cumprem seus papéis constitucionais em uma eleição livre e justa conduzida com transparência", disse Price.

"Uma marca registrada de toda democracia é a aceitação da vontade do povo, expressa por meio de eleições, seguida por uma transferência pacífica de poder - é isso que o mundo espera e o que prevemos que eles verão nas próximas semanas", acrescentou.

(Reportagem de Humeyra Pamuk e Simon Lewis)