Votação da Câmara dos EUA sobre pacote social de Biden é adiada

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
A presidente da Câmara dos EUA, Nancy Pelosi, democrata da Califórnia, fala em sua coletiva de imprensa semanal no Capitólio em Washington, DC, em 28 de outubro de 2021 (AFP/Jim WATSON)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, adiou nesta sexta-feira (5) os planos de aprovar uma enorme expansão da rede de bem-estar social que está no centro da agenda interna de US$ 3 trilhões do presidente Joe Biden, após uma revolta de legisladores moderados.

Pelosi disse que avançaria com uma votação sobre a segunda metade do plano econômico de Biden - um pacote de infraestrutura de US$ 1,2 trilhão - apesar da oposição de esquerda também colocá-lo em terreno instável.

"Esperávamos poder discutir os dois projetos hoje. Alguns membros querem mais esclarecimentos (...) de que (o projeto) está totalmente pago e honramos esse pedido", explicou Pelosi a repórteres, apontando que uma avaliação independente de seus impactos econômicos deve estar disponível dentro de cerca de uma semana.

ft/ec/ic

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos