Votação no Rio foi tranquila, diz procuradora

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - A votação do segundo turno das eleições presidenciais ocorreu de maneira "tranquila" no estado do Rio de Janeiro neste domingo (30), avaliou a procuradora regional eleitoral Neide Oliveira.

"As eleições transcorreram de forma tranquila. Os eleitores votaram sem maiores problemas, com transporte público gratuito e sem filas", disse em entrevista na sede do TRE-RJ (Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro).

A partir de informações repassadas pelas forças de segurança, Oliveira também negou a existência de blitze na avenida Brasil, uma das principais vias de acesso à capital fluminense. Durante o dia, usuários do transporte público reclamaram de engarrafamentos e associaram a situação a barreiras policiais.

"Havia viaturas baseadas ao longo da via, mas não houve operação de blitze", afirmou a procuradora.

Segundo balanço divulgado à imprensa no TRE-RJ, a Polícia Federal registrou pelo menos duas prisões por irregularidades durante o pleito no estado. Ambas ocorreram na capital, nos bairros de Bangu e Jacarepaguá.

A Polícia Militar, por sua vez, registrou 32 ocorrências por motivos diversos associados ao pleito no estado.