Vulcão em erupção nas Canárias: o desespero de família após casa 'milagrosa' ser consumida por lava

·2 minuto de leitura
Uma pequena casa rural é cercada de lava negra por todos os lados
A fotografia da casa intocada com lavas ao redor viralizou na semana passada

Uma casa que sobreviveu por dias à erupção do vulcão em La Palma, nas Ilhas Canárias, agora acabou sendo consumida pela lava, como tudo ao seu redor.

A propriedade era do casal de aposentados Inge Bergedorf e Ranier Cocq, da Dinamarca.

Cocq disse à mídia espanhola na terça-feira que a casa foi engolida pelo fluxo de lava. "Está tudo destruído", afirmou ao jornal El Mundo.

A propriedade ficou conhecida como a "casa milagrosa" depois de escapar da lava que fluía do vulcão Cumbre Vieja. Antes da construção ser destruída, uma imagem impressionante da casa em uma pequena faixa de terra, intocada pela lava, se espalhou pela internet.

A lava destruiu centenas de casas e forçou a evacuação de mais de 6 mil pessoas desde que começou a jorrar do vulcão em 19 de setembro.

Na noite de terça-feira, a lava atingiu o Oceano Atlântico, na costa oeste da ilha, gerando temor de explosões e liberação de gases tóxicos.

O Cocq e sua esposa não estavam na ilha quando sua casa foi destruída pelo vulcão. Eles vivem na península da Jutlândia, na Dinamarca, e não visitam La Palma desde o início da pandemia de covid-19.

"Perdemos tudo em nossa amada ilha", disse Cocq ao El Mundo. "É muito triste. Inge e eu estamos arrasados."

A pequena casa foi construída em um terreno de 3 mil m² que o casal comprou décadas atrás. Se o vulcão não tivesse entrado em erupção, o casal disse que estaria fazendo as malas para passar um tempo em La Palma nos próximos meses.

"Costumávamos ir em outubro e novembro para colher as uvas que temos em nossos vinhedos. Mas agora não há mais nada", disse Cocq.

Lavas escorrem de cume no vulcão
O vulcão entrou em erupção em 19 de setembro

Uma de suas filhas, Yenny Cocq, disse à BBC que o destino de férias que seu pai amava provavelmente se tornará um deserto agora.

"Minha mãe ainda olha as imagens antigas que encontra online e diz que ainda há esperança. Meu pai insiste [que] reconstruamos exatamente naquele local. Mas eu tenho dito a eles que não vai ter como fazer isso", afirmou Yenny à BBC.

A fotografia da casa antes de ser destruída pela lava viralizou na internet semana passada.

A foto foi tirada com um drone pelo fotógrafo Alfonso Escalero. "Vamos procurar outro sinal que não nos faça perder a esperança nestes dias difíceis", escreveu ele em uma postagem no Instagram.

Muitas famílias da ilha perderam suas casas. Na quarta-feira, o serviço Copernicus, da União Europeia, estimou que a lava destruiu 656 casas a caminho do oceano.

As Ilhas Canárias são um território espanhol na costa noroeste da África. As autoridades espanholas declararam La Palma como zona de desastre, prometendo apoio financeiro a todos os afetados pela atividade vulcânica.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos