Vulcão nas Ilhas Canárias: Cumbre Vieja expele blocos de lava do tamanho de edifício com três andares

·2 minuto de leitura
LA PALMA, SANTA CRUZ DE TENERIFE, SPAIN - SEPTEMBER 28: Views of the Cumbre Vieja volcano expelling lava and pyroclast, taken from La Lagunas mountain, on September 28th in Las Manchas, La Palma, Santa Cruz de Tenerife, Canary Islands, Spain. After several hours of inactivity, the volcano reactivated yesterday and entered an 'effusive' phase in which it is once again generating strong Strombolian-type explosions and more fluid lava with a greater capacity to move. These large lava flows are located 1 kilometer from the Atlantic Ocean and their arrival to the sea could cause adverse chemical reactions. Since its eruption last Sunday, September 19, the La Palma volcano has left at least 6,000 people evacuated and some 400 buildings damaged. (Photo By Kike Rincon/Europa Press via Getty Images)
Vulcão em La Palma registra atividade intensa desde o final de setembro

O Instituto Espanhol de Geologia e Mineração informou que blocos de lava do tamanho de edifícios de três andares foram expelidos pelo vulcão Cumbre Vieja, na Ilhas Canárias. A atividade sísmica da região também segue intensa e mais de 20 tremores foram registrados apenas neste domingo, dia em que a erupção na ilha de La Palma completa três semanas.

Leia também:

"Um colapso ao norte do vulcão Cumbre Vieja no sábado causou o lançamento de grandes blocos de lava e o surgimento de novos fluxos que percorrem áreas já evacuadas", informou o Departamento de Segurança Nacional da Espanha.

Nesta manhã, um novo fluxo de lava com temperatura de até 1.240 graus destruiu os poucos edifícios que restavam ao norte da região de Todoque. Conforme dados do sistema de monitoramento por satélite Copernicus, até o momento, os fluxos de lava se estendem por mais de 497 hectares e destruíram 1.186 construções na ilha.

Segundo a agência de notícias Reuters, durante visita na região, a ministra da Defesa, Margarita Robles, anunciou que militares da Marinha vão atuar na limpeza das cinzas que combrem La Palma a partir de segunda-feira.

A erupção começou no dia 19 de setembro e o magma começou a chegar ao mar no dia 28, formando uma "pirâmide" de cerca de 50 metros. As autoridades pedem que os moradores evitem sair de suas casas e se aproximar da coluna de fumaça. Por conta da liberação de gases tóxicos, também foi recomendado o uso de máscaras e óculos para evitar inalação e o contato com os olhos.

De acordo com o Instituto Vulcanológico das Ilhas Canarias (Involcan), a erupção do Cumbre Vieja pode durar de 24 a 84 dias. A projeção leva em conta dados sobre explosões anteriores na ilha de La Palma. A média de duração do fenômeno é de 55 dias.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos