Vulcão que pode gerar tsunami no Brasil entra em alerta amarelo de erupção

·2 minuto de leitura
Cumbre Vieja registrou atividade nos últimos dias (Europa Press via Getty Images)
Cumbre Vieja registrou atividade nos últimos dias (Europa Press via Getty Images)
  • Vulcão espanhol registrou atividade nos últimos dias, após décadas adormecido

  • Em caso de erupção explosiva, ele pode gerar um tsunami que atingiria a costa brasileira

  • Especialistas, porém, alertam que não há motivo para preocupação no momento

O vulcão Cumbre Vieja, na Espanha, foi elevado ao nível amarelo de alerta de erupção pelas autoridades locais. Em caso de erupção, ele pode causar um tsunami que atingiria a costa brasileira. As informações são do UOL.

Localizado na ilha de La Palma, na costa do continente africano, o Cumbre Vieja está adormecido há décadas, mas deu sinais recentes de atividade moderada. Por isso, foi elevado ao segundo dos quatro níveis de alerta.

Leia também:

Em caso de erupção, o vulcão poderia gerar o tsunami que atingiria as Américas, possivelmente com maior impacto sobre os litorais do Norte e Nordeste do Brasil.

"Ele não estava dando sinais de erupção, mas agora chegou a um segundo nível. Ele pode vir a ter uma erupção. Não significa que essa erupção vai gerar um tsunami, mas é uma possibilidade, mesmo que mínima", disse ao UOL o pesquisador do Instituto de Ciências do Mar da Universidade Federal do Ceará, Carlos Teixeira.

Vulcão está a cerca de 4,4 mil quilômetros de São Luís - Foto: Reprodução/Google Maps
Vulcão está a cerca de 4,4 mil quilômetros de São Luís - Foto: Reprodução/Google Maps

Segundo estudos, o tsunami seria gerado se a possível erupção do Cumbre Vieja for explosiva. Mesmo assim, Teixeira explicou que não há motivo para preocupação no momento.

"Se essa possibilidade de erupção ocorrer, não significa que vai ser explosiva; se for, não quer dizer que vai chegar aqui com ondas de oito, dez metros; pode chegar aqui bem menor", afirmou.

Brasil estaria preparado?

O próprio especialista, porém, apontou que a hipótese pode servir para um questionamento das autoridades americanas. “A pergunta que a gente faz é: será que o Brasil — e não só o Brasil, porque ele pode chegar no Caribe e nos EUA — está preparado para um evento desses?”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos