Wal do Açaí: AGU vai defender ex-funcionária de Bolsonaro acusada de ser fantasma

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Jair Bolsonaro (Foto: EVARISTO SA/AFP via Getty Images)
Jair Bolsonaro (Foto: EVARISTO SA/AFP via Getty Images)
  • Wal do Açaí: AGU vai defender ex-funcionária de Bolsonaro acusada de ser fantasma

  • Órgão do governo federal apresentou uma defesa em conjunto representando ao mesmo tempo o presidente e ela

  • Segundo a AGU, Wal do Açaí trabalhou como agente pública e, por isso, tem direito a ser defendida pelo órgão

A AGU (Advocacia-Geral da União) assumiu a defesa de Walderice Santos da Conceição, a Wal do Açaí, uma ex-funcionária do presidente Jair Bolsonaro (PL) quando ele era deputado federal. Ela é acusada pelo MFP (Ministério Público Federal) de ter sido fantasma no gabinete dele na Câmara.

Segundo informações do jornal O Globo, o órgão do governo federal apresentou uma defesa em conjunto representando ao mesmo tempo Bolsonaro e ela.

À Justiça Federal, a AGU argumentou que ela trabalhou como agente pública e, por isso, tem direito a ser defendida pelo órgão.

Em março deste ano, o MPF enviou à Justiça Federal em Brasília uma ação em que pede a condenação de Bolsonaro por improbidade administrativa. Wal do Açaí é apontada na denúncia como funcionária fantasma no gabinete de atual chefe do Executivo quando ele ainda era deputado federal. Na ação, o MPF também requer o ressarcimento dos recursos públicos indevidamente desviados.

De acordo com uma investigação, em 2018, o jornal Folha de S.Paulo revelou que Bolsonaro usava verba da Câmara Federal para manter Wal do Açaí como assessora, enquanto ela trabalhava vendendo açaí e prestava serviços particulares ao então deputado durante horário de expediente do Legislativo.

Ainda na defesa, a AGU afirmou que Wal do Açaí não tinha obrigação de trabalhar presencialmente em Brasília, além de não precisar ter qualificações técnicas para exercer o cargo de secretária parlamentar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos