Wall St sobe, sem se abalar por aumento da inflação nos EUA

·1 minuto de leitura
Wall St abre em alta, sem se abalar por aumento da inflação

Por Medha Singh e Shashank Nayar

(Reuters) - Os principais índices de Wall Street subiam nesta sexta-feira, com os investidores dando de ombros para dados que mostram um salto na inflação norte-americana, embora as recentes preocupações com uma alta nos preços deixassem o S&P 500 no curso de registrar seu menor ganho mensal desde fevereiro.

O núcleo dos preços ao consumidor medidos pelo índice PCE, que exclui os componentes voláteis de alimentos e energia, avançou 0,7% em abril, após alta de 0,4% em março. Economistas consultados pela Reuters esperavam um ganho de 0,6%.

Nos 12 meses até abril, o núcleo do PCE saltou 3,1%, ultrapassando a meta de 2% do Federal Reserve e refletindo a demanda reprimida com a reabertura da economia.

"O mercado está basicamente destemido agora", disse Dennis Dick, corretor da Bright Trading.

"Havia alguns temores sobre a inflação, cuja maior parte era deixada de lado pelos mercados, pois há o medo de ficar de fora em relação a outros investidores à medida que atingimos máximas recordes, e também vimos algum dinheiro voltando para as ações de tecnologia nas últimas duas semanas."

As ações de tecnologia forneciam o maior impulso para o S&P 500, com a Salesforce.com disparando 7% após aumentar sua previsão de receita e lucro para o ano.

Às 11:49 (horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,27%, a 34.559 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 0,205195%, a 4.210 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 0,32%, a 13.781 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos