S&P 500 e Dow Jones recuam após balanço da Boeing; Microsoft atenua queda do Nasdaq

·2 minuto de leitura
Bolsa de Nova York

(Reuters) - Os índices S&P 500 e Dow Jones tinham queda acentuada nesta quarta-feira, depois que a fabricante de aviões Boeing informou prejuízo anual recorde, enquanto a baixa no Nasdaq era amortecida por resultados positivos da Microsoft.

Boeing Co cedia 3%, entre as maiores pressões negativas tanto no S&P 500 quanto no Dow. A fabricante de aviões teve despesa de 6,5 bilhões de dólares relacionada a seu novo jato 777X devido à pandemia de Covid-19 e às consequências de uma crise de segurança de dois anos sobre seu 737 MAX.

O índice de volatilidade da CBOE, frequentemente usado como indicador do medo do investidor, subia 5,63 pontos, atingindo o maior valor desde 4 de janeiro.

Em uma semana repleta de balanços corporativos de empresas de megacapitalização, Microsoft Corp ganhava 3% após seus resultados, à medida que a fabricante de software continua a se beneficiar das tendências de ensino e trabalho remoto em todo o mundo.

Os resultados da Microsoft estabeleceram um precedente positivo para outras empresas relacionadas à tecnologia, incluindo Apple Inc, Tesla Inc e Facebook Inc, que devem divulgar números trimestrais ainda nesta quarta.

No entanto, preocupações com os altos valuations do mercado de ações, disparada em casos de coronavírus e qualquer interrupção potencial na distribuição de vacinas elevavam entre investidores temores de uma correção nos preços e de aumento de volatilidade no curto prazo.

"O mercado está meio que esperando para ver. Os investidores querem apenas obter mais informações da temporada de balanços, eles querem mais confiança do Fed e devemos ter uma grande visão disso hoje", disse Craig Erlam, analista sénior de mercado da OANDA.

O Federal Reserve deve manter a política monetária em modo de combate à crise em sua reunião que termina nesta quarta-feira.

Às 12:50 (horário de Brasília), o índice Dow Jones caía 1,05%, a 30.611 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 1,25441%, a 3.801 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuava 0,78%, a 13.520 pontos.

(Por Devik Jain e Shreyashi Sanyal)