Wall St cai conforme visão de Powell apoia caminho de alta agressiva

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

(Reuters) - Os três principais índices de Wall Street fecharam em baixa nesta quinta-feira, devolvendo ganhos de mais cedo, conforme autoridades do Federal Reserve, incluindo o chair, Jerome Powell, ofereceram mais sinais de aumentos agressivos nas taxas de juros este ano.

O Dow Jones caiu 1,05%, para 34.792,76, o S&P 500 perdeu 1,48%, para 4.393,66 e o Nasdaq recuou 2,07%, para 13.174,65.

Um aumento de meio ponto na taxa de juros estará "na mesa" quando o banco central dos EUA se reunir em 3 e 4 de maio para aprovar o próximo do que se espera ser uma série de aumentos do juro básico este ano, disse Powell.

Com a inflação atingindo cerca de três vezes a meta de 2% do Fed, "é apropriado avançar um pouco mais rapidamente", acrescentou Powell em uma discussão sobre a economia global nas reuniões do Fundo Monetário Internacional.

"O mercado está precificando pelo menos 50 pontos-base em maio e junho", disse George Catrambone, chefe de negociação do DWS Group.

"Powell, e muitos outros oradores do Fed, têm dito que querem controlar o mais rápido possível, e isso diz ao mercado que eles vão agir de forma agressiva."

Os comentários de autoridades do Fed interromperam o impulso inicial que os mercados tiveram de resultados corporativos positivos. Todos os três principais índices abriram em alta, impulsionados pelos fortes resultados da peso pesado Tesla e das operadoras aéreas.

(Reportagem de Bansari Mayur Kamdar, Sruthi Shankar e Amruta Khandekar em Bengaluru e David French em Nova York)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos