Wall St sobe com fortes balanços de Microsoft e Visa

Operadores trabalham no salão da Bolsa de Valores de Nova York

(Reuters) - Os mercados de ações dos Estados Unidos subiam nesta quarta-feira, uma vez que fortes resultados da Microsoft e da Visa elevavam o ânimo de investidores, abalado por preocupações com a desaceleração do crescimento global e uma política monetária mais agressiva.

Às 13:04 (de Brasília), o índice S&P 500 ganhava 0,95%, a 4.215,05 pontos, enquanto o Dow Jones subia 0,82%, a 33.513,41 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite avançava 0,46%, a 12.548,01 pontos.

Microsoft Corp ganhava 4,3%, depois de prever forte crescimento de receita liderada por computação em nuvem, enquanto a rede de pagamentos Visa Inc saltava 7,2% depois de estimar que a receita excederá os níveis pré-pandemia.

As ações de tecnologia subiam 1,5% e tinham o melhor desempenho entre os 11 principais setores do S&P 500.

O setor de Serviços de comunicação caía 3,2%, com o declínio nas ações da Alphabet, controladora do Google, após desaceleração das vendas de anúncios no YouTube e receita abaixo das expectativas.

"A surpresa positiva com os resultados da Microsoft e a decepção com o balanço da Alphabet sugerem que investidores devem ser seletivos no setor de tecnologia. Nem todas as ações de tecnologia de megacapitalização são criadas da mesma forma", disse Ryan Belanger, diretor-gerente e fundador da Claro Advisors.

Na sessão anterior, o Nasdaq caiu para seu menor nível de fechamento desde dezembro de 2020.

Meta Platforms Inc --conglomerado que controla o Facebook e que publica seu balanço trimestral após o fechamento do mercado-- caía 2,9%.

A fabricante de aviões Boeing Co despencava 12,2%, depois de divulgar 1,5 bilhão de dólares em custos extraordinários com a interrupção da produção do 777X.

(Por Bansari Mayur Kamdar e Devik Jain)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos