Walmart cria anúncios que permitem comprar produtos direto da TV

As etapas da aquisição no Walmart poderão ser feitas pelo controle remoto do sistema
As etapas da aquisição no Walmart poderão ser feitas pelo controle remoto do sistema (Getty Image)
  • Os "anúncios compráveis" permitirão a aquisição direto pela TV

  • A ideia é facilitar a aquisição de produtos mostrados em propagandas

  • O recurso estará disponível apenas para alguns usuários no começo

Existiu um momento em que os consumidores assistiam aos comerciais da TV, iam até o mercado e faziam uma compra após ver o produto em uma propaganda. Com o avanço da internet, os clientes começam a buscar as mercadorias através do celular. Agora, com uma parceria entre a Roku e Walmart, será possível adquirir um item diretamente pelo aparelho televisivo.

Os "anúncios compráveis" têm como objetivo simplificar a experiência e a trajetória da compra. Com eles, não será preciso mudar para o smartphone ou para o computador para buscar o produto. Todas as etapas da aquisição poderão ser feitas pelo controle remoto do sistema.

Na nota de divulgação, as empresa diz que basta que os usuários pressionem "ok" em um anúncio para serem encaminhados ao check-out, podendo inserir as informações de pagamento e entrega, que podem já ter sido cadastrados anteriormente via Roku Pay. Com a conclusão da transação, é enviado um e-mail de confirmação com todos os detalhes da transação.

“Estamos trabalhando para nos conectar com os clientes onde eles já estão gastando tempo, encurtando a distância da descoberta e da inspiração para a compra”, disse William White, diretor de marketing do Walmart, em comunicado.

O recurso foi descrito pelas marcas como "primeiro piloto", que deve ser limitado a poucos usuários, sendo distribuído para mais pessoas conforme a tecnologia é aprimorada a através de feedbacks dos usuários. A ideia é que, no futuro, o marketplace do Walmart seja completamente integrado ao sistema.

A parceria com o Walmart pode ter sido uma salvação para a Roku. No último ano, as ações caíram mais de 70%, despertando o assédio recente da Netflix. Depois do fechamento do acordo, as ações haviam subido mais de 4%.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos