Wanda Nara diz que separação de Icardi não foi por traição: 'Fizemos amor até o fim'

O relacionamento conturbado de Mauro Icardi e Wanda Nara ganhou um novo capítulo recentemente, quando a dupla anunciou mais uma vez a separação. Em entrevista à revista Vanity Fair, a modelo e empresária deu detalhes do rompimento, garantiu que ele não aconteceu em virtude de traições e contou que ela e o marido "fizeram amor até o fim".

— Não esperava (ter sido traída), Mauro nunca tinha me dado motivos (para desconfiar). Mas me dei conta de que não vivíamos um conto de fadas da Disney e que certas coisas podem acontecer. Perdoei o erro, mas o problema era outro — disse a empresária. — As coisas não funcionavam, o ambiente era ruim em casa e, a certa altura, eu disse: 'Vamos parar'. Fizemos amor até o fim, depois fui para a Argentina.

Wanda, de 35 anos, admitiu que o rompimento "foi difícil", porque ela continua "gostando muito" de Icardi. Apesar disso, não cogita voltar atrás. Segundo ela, o casal já até assinou os documentos do divórcio.

Na Argentina por alguns meses, Wanda fez campanhas publicitárias e apresentou um programa de TV. A "distância ajudou", disse ela, a lidar com as etapas do término. Essa jornada, aliás, tem a ver com a separação do casal.

— Tive cinco filhos, amamentei todos, criei e me dediquei a eles durante dez anos. Há pouco tempo, manifestei ao Mauro o desejo de voltar a trabalhar, e ele não gostou. É raro uma mulher de um jogador de futebol trabalhar. Durante muito tempo, apenas cuidei dos meus filhos, do meu marido, mas agora quero recuperar o tempo. Voltei à minha profissão. Na Argentina, continuam me oferecendo programas para apresentar, e gosto muito de televisão — justificou.

Wanda alegou ainda que Icardi não admira que ela seja uma mulher independente:

— Ele não gosta da ideia de dividir a atenção da família. Mas, para mim, a independência é fundamental. De vez em quando, ele tenta me reconquistar. Outro dia, foi me buscar no aeroporto em um carro cheio de flores, me levou para jantar e disse: 'Não desisto'. Mas sei que, se voltarmos a ficar juntos e eu mencionar uma nova proposta de trabalho, voltaremos à estaca zero. Minha mãe era atriz quando jovem. Conheceu o meu pai e desistiu. Eu, em 2022, não posso permitir que a história se repita.