Warren Buffett tentou convencer Bill Gates a gastar R$ 1,9 bi em anel de noivado

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
Warren Buffett e Bill Gates. (Foto: AP Photo/Nati Harnik)
Warren Buffett e Bill Gates. (Foto: AP Photo/Nati Harnik)

O megainvestidor Warren Buffett e o cofundador da Microsoft, Bill Gates, são conhecidos por serem bons amigos há muito tempo. Eles compartilharam ideias de negócios, e fundaram juntos o “Giving Pledge” que estimula bilionários a se comprometerem a doar suas fortunas enquanto ainda vivos.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

E como bons amigos, eles também têm boas histórias em que um tenta sacanear o outro – claro que em um nível inacessível à maioria de nós, sem alguns bilhões a mais para gastar em brincadeiras.

Leia também:

Uma dessas histórias veio à tona no livro “The Deals of Warren Buffett Volume 2: The Making of a Billionaire”.

Nela, Warren narra como tentou convencer – por pura diversão – Bill Gates a investir cerca de R$ 1,9 bilhão em um anel de noivado para Melinda, sua futura esposa.

Tudo ocorreu, segundo o megainvestidor, em 1993, quando Gates o visitou em Omaha para encontrar uma joalheria onde compraria o tal anel. Buffett aproveitou para inventar uma história dizendo que ele próprio teria investido cerca de 6% da sua fortuna para comprar um anel de noivado para sua esposa, e que Gates deveria fazer o mesmo.

Apesar do “conselho”, Gates recusou a ideia, e certamente isso não influenciou nem um pingo o seu casamento – que dura até hoje, ambos à frente de importantes empreitadas filantrópicas na fundação que leva o nome dos dois integrantes do casal.

“Não tivemos um domingo tão divertido quanto eu esperava”, brincou Buffett sobre a pegadinha mal sucedida.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube