Waze Carpool, serviço de caronas do app, será encerrado a partir de setembro

Waze não detalhou quantos usuários do serviço serão afetados (Hoch Zwei/Corbis via Getty Images)
Waze não detalhou quantos usuários do serviço serão afetados

(Hoch Zwei/Corbis via Getty Images)

  • Waze informa que vai encerrar o Carpool, seu serviço de caronas;

  • Medida será adotada a partir de setembro no mundo todo;

  • Ferramenta conectava motoristas e passageiros que tinham destinos semelhantes.

O Waze informou, na última terça-feira (25), que vai encerrar o Carpool, seu serviço de caronas, a partir de setembro no mundo todo. A ferramenta permitia que motoristas dessem caronas a passageiros, mediante pagamento destinado a rachar o preço da gasolina usada.

"Em 2020, a mobilidade urbana foi ressignificada. Por conta disso, gostaríamos de informar o encerramento do serviço Waze Carpool globalmente", justificou a empresa em comunicado, divulgado pelo UOL Tilt.

O Waze não detalhou quantas pessoas serão afetadas com a decisão; apenas informou que possui mais de 150 milhões de usuários no mundo, sem especificar quantos deles usavam o Carpool. "Estamos orgulhosos do que alcançamos com o nosso serviço de caronas compartilhadas e somos gratos às comunidades de usuários que nos ajudaram a reduzir o trânsito. O nosso time seguirá atuando em melhorias na mobilidade urbana para ajudar as cidades a endereçar diversos desafios, como a diminuição de congestionamentos e o planejamento urbano", concluiu.

O que é o Waze Carpool

O serviço foi lançado em 2018 no Brasil sob o pretexto de unir motoristas e passageiros que estavam em direção a destinos semelhantes. O motorista informava no aplicativo que estava disposto a receber caronas, ao passo que o passageiro tinha que instalar um app específico – o Waze Carpool – para informar o local para o qual estava indo.

Segundo a empresa, as caronas funcionavam por um preço mais baixo do que o cobrado por outros aplicativos, como Uber e 99. Isso porque o objetivo era apenas dividir a gasolina usada no trajeto, com as seguintes cobranças: R$ 4 para uma média de 5 km; R$ 10 para 5km a 40km; R$ 24 para percursos maiores.

O Carpool também permitia que os usuários escolhessem viajar apenas com pessoas do mesmo gênero ou que trabalhassem na mesma empresa, para evitar o desconforto de estar ao lado de um desconhecido.