WhatsApp é usado por 75% dos lojistas, aponta pesquisa

·1 minuto de leitura
Homem usando WhatsApp em frente a um fundo com o logo do WhatsApp
Aplicativo sofreu com pane geral na última segunda-feira (4) e ficou quase seis horas fora do ar

(REUTERS/Dado Ruvic)

  • Uma pesquisa da Loja Integrada mostrou que WhatsApp é canal direto de vendas para 75% dos lojistas

  • Aplicativo também é usado como a principal ferramenta de atendimento

  • Para chegar nos resultados, 3.060 empreendedores responderam um questionário online

Cerca de 75% dos pequenos e médios lojistas brasileiros usam o WhatsApp como canal direto de vendas. É o que revela a pesquisa feita pela plataforma Loja Integrada, que conversou com 3.060 empreendedores digitais do Brasil entre maio e junho de 2021.

De acordo com 68% dos entrevistados, o aplicativo é a principal ferramenta de atendimento, seguido pelo Instagram (15%) e e-mail (5,6%).

Leia também:

"Por ser gratuito, o app está no celular de quase todos os brasileiros. Para o empreendedor, uma das principais vantagens de usar a ferramenta é poder criar campanhas e ações promocionais que são enviadas de forma automática. Além disso, com o app é possível verificar métricas e realizar um atendimento quase que em tempo real", disse Gustavo Ruchaud, diretor de marketing da Loja Integrada.

O estudo foi feito por meio de um questionário online. As informações são de Tadeu Antonio Mattos, do Nexperts. 

Reclamações sobre o WhatsApp explodem

A pane global no WhatsApp fez com que o número de acessos à página do aplicativo no Reclame Aqui saltasse 1.632%. Enquanto nos primeiros dias de outubro a média foi de 131 acessos, somente na segunda-feira (4) a quantidade explodiu para 2.269.

Além disso, a situação beneficiou aplicativos rivais. Segundo uma pesquisa divulgada pela Sensor Tower na quarta-feira passada (6), o Telegram teve 6,3 milhões de downloads na ocasião, um aumento de 530% com relação ao dia anterior.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos