WhatsApp doa plataforma para consórcio de prefeitos contra a Covid

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O WhatsApp doou uma plataforma para que o Consórcio Conectar, braço da Frente Nacional de Prefeitos criado em março que reúne 2.500 municípios para ações na área da saúde, articule suas ações para imunização e combate à Covid-19.

Marcelo Cabral, secretário-executivo do Conectar, diz que o WhatsApp deverá ser o meio oficial de comunicação entre o consórcio, secretarias de saúde e prefeitos para tratar de questões técnicas, tirar dúvidas e avisar sobre a chegada de lotes de vacinas. "Muitas das cidades não tem email institucional, por isso há muita dúvida se as mensagens são autênticas."

Entre as ferramentas oferecidas ao consórcio estão a possibilidade de enviar mensagens a cerca de 8.000 pessoas, incluindo prefeitos e secretários municipais, criar filtros para grupos de destinatários entre esses perfis, uso de chatbot para atutomarizar conversas e uma conta verificada.

O primeiro edital para compra de material hospitalar do consórcio será publicado nesta semana. Vão ser comprados pelos municípios 64 milhões de itens, incluindo seringas, agulhas e equipamentos de proteção. O custo estimado é de R$ 178 milhões e a previsão é que a aquisição em conjunto proporcione redução de ao menos 15% nos custos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos