WhatsApp faz do Brasil um mercado-chave para teste de mensagens corporativas

Por Katie Paul

(Reuters) - A Meta Platforms disse nesta quinta-feira que seu serviço de mensagens WhatsApp lançará um recurso de pesquisa sobre informações corporativas e testará uma ferramenta de pagamentos no Brasil, apostando nas mensagens comerciais como uma nova potencial fonte de receita.

O Brasil, um dos maiores mercados do aplicativo, será o primeiro país a ver as novas ferramentas implementadas fora de programas-piloto.

O recurso permitirá que os usuários encontrem empresas com contas comerciais no WhatsApp, facilitando o acesso a chats de atendimento ao cliente, disse a Meta em post em blog.

Anteriormente, os usuários precisavam adicionar um número de telefone aos seus contatos ou clicar em um link em uma plataforma separada para abrir um chat com uma empresa. A Meta começou a testar a busca em São Paulo no ano passado.

O serviço será introduzido na Indonésia, México e Reino Unido.

Em parceria com empresas locais, o WhatsApp também testará uma ferramenta de pagamentos que possibilitará transações no aplicativo com cartões de crédito ou débito.

O WhatsApp, o maior aplicativo da Meta em termos de usuários diários, iniciou projeto piloto de modelo de compras de ponta a ponta através do serviço de mercearia online indiano JioMart durante o verão.

Além do JioMart, atualmente apenas pagamentos pessoais podem ser enviados no WhatsApp e apenas na Índia e no Brasil.

Impulsionar as mensagens corporativas assumiu maior urgência em 2022, já que o negócio de publicidade da Meta, seu principal, estagnou. A empresa experimentou sua primeira queda anual de receita e na semana passada demitiu 11.000 funcionários.

Apesar da popularidade do WhatsApp e de seu preço de aquisição de 22 bilhões de dólares em 2014, até o momento o aplicativo contribuiu com apenas uma parcela pequena para a receita total da Meta.