Whindersson chama Bolsonaro de Satanás e vai ao mercado de capacete

O humorista causou polêmica (Foto: Reprodução/Instagram/@whinderssonnunes/REUTERS/Adriano Machado)

Whindersson Nunes está revoltado com as declarações do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e sua política de enfrentamento ao novo coronavírus. Nesta terça-feira (2), o humorista chamou o Chefe de Estado de Satanás ao compartilhar uma reportagem que reproduzia um de seus discursos.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no InstagramFacebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentários.

“A gente lamenta todos os mortos, mas é o destino de todo mundo”, disse Bolsonaro, ironizado pelo ex-marido de Luisa Sonza no Twitter: “Então morre, Satanás”. Muitos se divertiram com a postagem de Whindersson, mas também teve gente que achou que o humorista pegou pesado desejando sua morte.

Leia também

Um seguidor disse que está orando por Whindersson, pois achou triste sua publicação sobre o presidente. O humorista, então, rebateu o comentário. “Se importar com esse cara e não se importar com 30 mil mortes, rapaz, essa conta tua aí tá fraca”, escreveu.

Sem máscara para sair de casa e focado na prevenção ao Covid-19, Whindersson mostrou em seguida que fez compras usando um capacete rosa. Várias pessoas perceberam que o acessório faz parte de uma fantasia de Power Ranger. “Era o que eu tinha no momento”, disse o youtuber.

Famosos e anônimos se divertiram com a postagem e o elogiaram pela criatividade. “O importante é se prevenir”, disse um. “Com esse capacete até quem está do lado se sente protegido”, escreveu outro. “Pode andar na rua assim que nenhum fã vai te reconhecer”, observou um terceiro.