Whindersson Nunes explica carreira como trapper e diz que não abandonará o humor

Whindersson Nunes se apresentou como Lil Whind no Rock in Rio 2022 (Foto: Patrick Monteiro/Yahoo Vida & Estilo)
Whindersson Nunes se apresentou como Lil Whind no Rock in Rio 2022 (Foto: Patrick Monteiro/Yahoo Vida & Estilo)

Humorista, youtuber, ator e, agora, rapper, Whindersson Nunes pode dizer que já fez de tudo. Com o seu alterego, Lil Whind, ele até foi atração no Rock in Rio e, em recente entrevista, explicou o que o motivou a iniciar uma carreira na música.

"Sempre fui apaixonado por uma música. E me identifiquei muito com o rap e trap, por isso aderi a esse estilo", justificou em entrevista à revista Quem. Ele também disse que, para entrar na nova fase, mudou até o seu estilo de se vestir: "Estou fazendo mais músicas de trap, por isso, decidi me vestir mais mas na linguagem que conversa com o ritmo", explicou.

Neste ano, o piauiense de 27 anos foi atração do Rock in Rio, um dos maiores eventos de música do país, mas engana-se quem pensa que a sua aventura na música começou agora. Whindersson já colaborou com grandes artistas como Ivete Sangalo e Luan Santana, além de ter lançado a música "Girassol", parceria com Priscilla Alcântara, que conta com mais de 97 milhões de plays apenas no canal do humorista no YouTube.

No início do mês, Whindersson ainda fez uma participação no DVD de Matheus Fernandes, colaborando em uma faixa sobre a luta do humorista contra Popó, em janeiro deste ano: "Essa letra é minha com um amigo e, quando mostrei para o Matheus, ele se interessou e falei para ele fazer a versão dele, porque a minha versão era um trapzão. Aí, eu achei que ficou muito melhor a versão dele para falar a verdade", confessou.

Apesar do empenho na música, o humorista garantiu que não abandonará o humor e adiantou alguns planos para o futuro: "Vou fazer um filme de graça para soltar no meu canal no YouTube. Vai ser massa. Eu gosto de estar envolvido em várias coisas ao mesmo tempo e produzir, me sentir útil", contar. Porém, ele ainda disse que está prestes a revelar uma nova faceta aos seus fãs:

"Acho que estou a fim de virar um empresário bom nesse ramo de tecnologia. Tenho uma empresa chamada Tron Robótica Educativa. Ela já atuou em várias escolas, enriquecendo a grade curricular de crianças. Mas queremos colocar na grade, tipo português, matemática. Você conhecendo tecnologia, saberá o que que é o positivo, negativo, energia renovável etc.", declarou.