William Waack fala sobre demissão da Globo: 'Decisão mútua'

O jornalista deixou claro que está legalmente impedido de falar sobre detalhes de sua saída da Globo (Globo/Ramón Vasconcelos)

Demitido da Globo após o vazamento de um vídeo em que fazia um comentário racista nos bastidores de uma transmissão ao vivo, William Waack falou sobre o acordo que fez com a emissora pela primeira vez desde dezembro, quando deixou seu emprego. Durante o 2º Encontro Folha de Jornalismo, realizado pelo jornal “Folha de São Paulo”, o jornalista participou de um debate sobre o tema “A Guerra das Palavras – Os Limites do Politicamente Correto”.

De acordo com o colunista Daniela Castro, questionado por uma das pessoas da plateia sobre se considerava seu desligamento da Globo justo, William Waack explicou que tudo ocorreu em comum acordo. “A emissora e eu chegamos a um acordo. Eu tinha um contrato de prestação de serviços e esse contrato, por decisão mútua, foi encerrado dentro de cláusulas mutuamente acordadas. Essa postura está espelhada em um comunicado final, assinado pelos dois lados. Mais do que isso não posso comentar”, disse o jornalista.

Leia mais:
Ivete Sangalo posa em família e mostra gêmeas: ‘Estamos tão felizes’
Viviane Araújo conquista novo papel na TV Globo

Posteriormente, ao responder outra pergunta feita por uma pessoa no auditório, William Waack deixou claro que está legalmente impedido de falar sobre detalhes de sua saída da Globo. ”Qualquer coisa que se refira a de onde eu saí (TV Globo) precisa do meu advogado por perto. Eu sou obrigado, ao contrário do que gosto de fazer, a ser um pouco mais geral no que vou dizer a vocês por razões legais. Ok? Entenderam?”, explicou ele.