Willian ressalta 'estilo Premier League' e mostra insatisfação com o empate do Corinthians: 'Queríamos a vitória'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O Corinthians empatou com o Grêmio por 1 a 1, na Neo Química Arena, em duelo válido pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Um dos protagonistas da partida, Willian, eleito o "Craque do Jogo" pelo TV Globo, falou sobre a dificuldade da partida e o seu desempenho dentro de campo.

Título brasileiro do Timão e morte de Sócrates completam 10 anos; relembre

Perguntado sobre a diferença de intensidade para os seus companheiros, por ter atuado no Campeonato Inglês na maioria de sua carreira, o camisa 10 falou sobre como ele pode ajudar a equipe e se mostrou satisfeito com o seu rendimento individual contra o Imortal.

- Esse é o meu estilo de jogo. Eu sempre procurei jogar assim durante todo esse tempo da Premier League, e vou procurar implantar o meu estilo de jogo aqui no Brasil. Essa é a minha forma de jogar, indo para cima, finalizando, deixando os companheiros na cara do gol. Estou muito feliz com o desempenho. Claro que queríamos a vitória, ainda falta mais um jogo para o nosso objetivo final - afirmou o atleta.

Willian ainda analisou a partida e disse que o Timão foi melhor no segundo tempo.

- A gente sabia da importância desse jogo, que seria difícil. O Grêmio tem uma equipe de qualidade e desde o início do jogo, eles procuraram o gol, e a gente estava se segurando. Depois, conseguimos acalmar o jogo, e no segundo tempo a gente foi superior, conseguimos criar as melhores chances e empatar o jogo - analisou o camisa 10.

VEJA TABELA E SIMULE AS RODADAS FINAIS DO BRASILEIRÃO

A jogada do gol de Renato Augusto nasceu aos 40 minutos da etapa final, quando Willian atraiu a marcação e rolou para o meia, que aproveitou o espaço, finalizou de fora da área e anotou lindo gol.

O camisa 8 falou da importância de Willian para o gol do Timão, já que a marcação do Grêmio se concentrou no camisa 10 e deu espaço par Renato Augusto finalizar.

- Eu tinha arriscado a primeira bola e não peguei bem, fiquei até irritado, e eu pensei que tinha que sobrar mais uma bola. Como o Willian estava fazendo muito bem o um contra um, eles começaram a puxar muito a marcação nele. Eu fiquei em uma posição aonde conseguia chutar, e aproveitei o espaço que ele deixou - concluiu Renato Augusto.

O Corinthians encerra sua participação no Brasileirão quinta-feira (9), às 21h30, diante do Juventude, no Alfredo Jaconi, em busca da vaga direta para a próxima Libertadores.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos