Witzel: Pastor Everaldo, Edmar Santos e Mario Peixoto estão entre as testemunhas a serem ouvidas nesta quinta

O Globo
·2 minuto de leitura
Hermes de Paula / Agência O Globo

RIO — O Tribunal Especial Misto convocou as 27 testemunhas de acusação e de defesa para depor no processo de impeachment do governador afastado Wilson Witzel a partir das 9h desta quinta-feira, dia 17. Entre os nomes esperados estão o presidente do PSC, Pastor Everaldo, e o ex-secretário de Desenvolvimento Econômico, Lucas Tristão, que estão presos desde o dia 28 de agosto, quando foi deflagrada a operação Tris in Idem, do Ministério Público Federal (MPF).

A defesa de Witzel pediu o depoimento de 13 pessoas, a maioria ligada a organizações sociais, como o empresário Mário Peixoto, acusado de ser sócio oculto das empresas investigadas. O ex-secretário de Saúde Edmar Santos e o ex-subsecretário Gabriell Neves também foram nomes escolhidos pelo governador afastado.

Esses nomes foram aprovados em sessão realizada no último dia 4, quando o colegiado foi favorável à produção de provas testemunhais e documentais suplementares no processo. As perícias contábeis e de engenharia foram rejeitadas pela maioria do tribunal misto, formado por cinco deputados e cinco desembargadores.

As testemunhas em prisão domiciliar ou em presídios poderão ser ouvidas por videoconferência. Elas podem optar por ficar em silêncio.

Nessa sessão, após a audição das testemunhas, a acusação e a defesa fazem as alegações finais. O relator do processo, deputado estadual Waldeck Carneiro, se manifesta e dá seu voto, que pode ser acompanhado ou não pelos integrantes do Tribunal Especial Misto. A sessão será no Tribunal Pleno do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ).

A acusação do Tribunal Misto convocou:

Luiz Roberto Martins SoaresLucas Tristão do CarmoEveraldo Dias Pereira (Pastor Everaldo)Victor Hugo Amaral Cavalcante BarrosoGabriell Carvalho Neves Franco dos Santos Ramon de Paula NevesRoberto Bertholdo

A defesa de Witzel convocou:

Edmar SantosGabriell Carvalho Neves Franco dos SantosClaudio Alves FrançaCarlos Alberto ChavesMario PeixotoRoberto BertholdoLuis Augusto Damasceno MeloHormindo Bicudo NetoSergio D’Abreu GamaFelipe de Melo FonteLuiz Roberto MartinsMarcus Velhote de OliveiraLuiz Octávio Martins Mendonça

Já o deputado Waldeck Carneiro, relator do tribunal convocou:

Nelson Roberto Bornier de OliveiraMario Pereira Marques NetoEdson da Silva TorresGustavo Borges da SilvaCarlos Frederico Verçosa DubocMaria Ozana GomesMariana Tomasi ScarduaBruno José da Costa Kopke Ribeiro

O deputado Alexandre Freitas pediu a convocação das testemunhas:

Helena WitzelAlessandro de Araújo Duarte

Interrogatório de Witzel

Na sexta-feira, dia 18, o desembargador Claudio de Mello Tavares e o colegiado do Tribunal Especial Misto se reúnem em nova sessão para interrogatório do governador afastado Wilson Wetzel, às 16h. Nesse dia, o réu, que responde por crime de responsabilidade em processo que pode resultar no seu impeachment do cargo, poderá exercer sua autodefesa. A sessão também será no Tribunal Pleno do TJRJ, no Centro do Rio.