Witzel: Pastor Everaldo, Edmar Santos e Mario Peixoto estão entre as testemunhas a serem ouvidas nesta quinta

·2 minuto de leitura
Foto: Hermes de Paula / Agência O Globo

O Tribunal Especial Misto convocou as 27 testemunhas de acusação e de defesa para depor no processo de impeachment do governador afastado Wilson Witzel a partir das 9h desta quinta-feira, dia 17. Entre os nomes esperados estão o presidente do PSC, Pastor Everaldo, e o ex-secretário de Desenvolvimento Econômico, Lucas Tristão, que estão presos desde o dia 28 de agosto, quando foi deflagrada a operação Tris in Idem, do Ministério Público Federal (MPF).

A defesa de Witzel pediu o depoimento de 13 pessoas, a maioria ligada a organizações sociais, como o empresário Mário Peixoto, acusado de ser sócio oculto das empresas investigadas. O ex-secretário de Saúde Edmar Santos e o ex-subsecretário Gabriell Neves também foram nomes escolhidos pelo governador afastado.

Esses nomes foram aprovados em sessão realizada no último dia 4, quando o colegiado foi favorável à produção de provas testemunhais e documentais suplementares no processo. As perícias contábeis e de engenharia foram rejeitadas pela maioria do tribunal misto, formado por cinco deputados e cinco desembargadores.

As testemunhas em prisão domiciliar ou em presídios poderão ser ouvidas por videoconferência. Elas podem optar por ficar em silêncio.

Nessa sessão, após a audição das testemunhas, a acusação e a defesa fazem as alegações finais. O relator do processo, deputado estadual Waldeck Carneiro, se manifesta e dá seu voto, que pode ser acompanhado ou não pelos integrantes do Tribunal Especial Misto. A sessão será no Tribunal Pleno do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ).

A acusação do Tribunal Misto convocou:

- Luiz Roberto Martins Soares

- Lucas Tristão do Carmo

- Everaldo Dias Pereira (Pastor Everaldo)

- Victor Hugo Amaral Cavalcante Barroso

- Gabriell Carvalho Neves Franco dos Santos

- Ramon de Paula Neves

- Roberto Bertholdo

A defesa de Witzel convocou:

- Edmar Santos

- Gabriell Carvalho Neves Franco dos Santos

- Claudio Alves França

- Carlos Alberto Chaves

- Mario Peixoto

- Roberto Bertholdo

- Luis Augusto Damasceno Melo

- Hormindo Bicudo Neto

- Sergio D’Abreu Gama

- Felipe de Melo Fonte

- Luiz Roberto Martins

- Marcus Velhote de Oliveira

- Luiz Octávio Martins Mendonça

Já o deputado Waldeck Carneiro, relator do tribunal convocou:

- Nelson Roberto Bornier de Oliveira

- Mario Pereira Marques Neto

- Edson da Silva Torres

- Gustavo Borges da Silva

- Carlos Frederico Verçosa Duboc

- Maria Ozana Gomes

- Mariana Tomasi Scardua

- Bruno José da Costa Kopke Ribeiro

O deputado Alexandre Freitas pediu a convocação das testemunhas:

- Helena Witzel

- Alessandro de Araújo Duarte

Interrogatório de Witzel

Na sexta-feira, dia 18, o desembargador Claudio de Mello Tavares e o colegiado do Tribunal Especial Misto se reúnem em nova sessão para interrogatório do governador afastado Wilson Wetzel, às 16h. Nesse dia, o réu, que responde por crime de responsabilidade em processo que pode resultar no seu impeachment do cargo, poderá exercer sua autodefesa. A sessão também será no Tribunal Pleno do TJRJ, no Centro do Rio.