Xi Jinping afirma que China e Europa "avançam juntas"

O presidente francês, Emmanuel Macron, recebe o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, a chanceler alemã, Angela Merkel, e o presidente chinês, Xi Jinping, no Palácio do Eliseu, em Paris, em 26 de março de 2019

O presidente chinês, Xi Jinping, afirmou nesta terça-feira que China e Europa "avançam juntas", embora às vezes estejam em competição, e pediu que a desconfiança não domine suas relações.

"Apesar dos pontos de divergência, de competição, embora seja uma competição positiva (..) estamos avançado juntos", afirmou o presidente chinês após uma reunião em Paris com o presidente francês, Emmanuel Macron, a chanceler alemã, Angela Merkel, e o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker.

"Não vamos deixar que a desconfiança nos leve sempre a olhar para trás", completou Xi.

Macron pediu ao colega chinês que "respeite a unidade da União Europeia", em um contexto no qual os investimentos de Pequim em certos países europeus provocam temores de divisões.

"Temos divergências", destacou. "Mas respeitamos a China (...) e esperamos naturalmente que nossos grandes sócios respeitem também a unidade da União Europeia e os valores que representa".