Xi se encontrará com Putin em primeira viagem fora da China desde início da pandemia

Por Guy Faulconbridge e Yew Lun Tian

LONDRES/PEQUIM (Reuters) - Xi Jinping deixará a China pela primeira vez em mais de dois anos para uma viagem nesta semana à Ásia Central, onde se encontrará com o presidente russo Vladimir Putin.

A viagem, a primeira de Xi ao exterior desde o início da pandemia de Covid-19, mostra o quão confiante ele está em seu poder na China e quão perigosa a situação global tem se tornado.

Em um cenário de confronto da Rússia com o Ocidente em relação à Ucrânia, crise sobre Taiwan e economia global abalada, Xi fará uma visita de Estado ao Cazaquistão na quarta-feira.

O presidente da China depois se encontrará com Putin na cúpula da Organização para Cooperação de Xangai na antiga cidade da Rota da Seda de Samarcanda, no Uzbequistão, disseram o Cazaquistão e o Kremlin.

O assessor de política externa de Putin, Yuri Ushakov, disse a repórteres na semana passada que o presidente russo tem previsão de se encontrar com Xi na cúpula. O Kremlin se recusou a dar detalhes sobre as conversas. A China ainda não confirmou os planos de viagem de Xi.

(Tradução Redação Brasília, 55 11 5047-2695)); REUTERS BC)