Xingado, Doria rebate Bolsonaro: “Desprezo pela nação e agressões à institucionalidade”

Doria e Bolsonaro foram aliados durante a eleição de 2018, mas romperam depois que ambos assumiram os cargos (Foto: AP Foto/Eraldo Peres)

O governador de São Paulo comentou o vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril, divulgado nesta sexta-feira. Na ocasião, o presidente Jair Bolsonaro se referiu à Doria como “bosta do governador de São Paulo”.

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

“O Brasil está atônito com o nível da reunião ministerial. Palavrões, ofensas e ataques a governadores, prefeitos, parlamentares e ministros do Supremo, demonstram descaso com a democracia, desprezo pela nação e agressões à institucionalidade da Presidência da República”, escreveu Doria.

O tucano ainda afirmou que a postura do presidente é “lamentável exemplo em meio à maior crise da saúde da história do país”.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Na última quinta-feira, durante reunião entre o presidente e os governadores, tanto Bolsonaro quanto Doria adotaram tom apaziguador. O governador de São Paulo chegou a falar em paz com o presidente.

Leia também

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel também foi ofendido pelo presidente. Jair Bolsonaro se referiu a ele como “estrume do governador do Rio de Janeiro”.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.