XP lança cursos de graduação em tecnologia gratuitos; veja como se inscrever

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO, SP (FOLHAPRESS) - A Faculdade XP abriu nesta segunda-feira (27) o período de inscrição para o processo seletivo com 400 vagas em cursos graduação na área de tecnologia. São cinco opções de curso bacharelado e tecnólogo, sem cobrança de mensalidade.

As aulas serão virtuais e não é preciso pagar taxa para participar do processo de seleção. O período de inscrição se encerra no dia 19 de julho. Para participar, o candidato precisa ter o ensino médio completo.

A iniciativa faz parte da XP Educação, uma divisão da empresa XP, e tem o objetivo de preparar os alunos para atender as necessidades do mercado de trabalho.

Assim como a abertura do prazo de inscrição, a criação da Faculdade XP foi anunciada nesta segunda (27) e contou com um aporte de mais de R$ 100 milhões.

Segundo a empresa, o primeiro edital conta com cinco cursos de graduação:

Sistemas de Informação Ciência de Dados Análise de Desenvolvimento de Sistemas Banco de Dados Defesa Cibernética Para concorrer, é preciso preencher uma ficha na plataforma da faculdade e enviar a imagem de um documento com foto. Os candidatos podem optar em participar do processo seletivo usando a nota do Enem, ou por meio de uma prova aplicada pela XP Educação.

Entre as vagas disponíveis, 25% serão destinadas para pessoas negras e 25% para mulheres.

A divulgação dos classificados está prevista para 16 de setembro. Outras informações podem ser encontradas no edital.

"Nosso sonho grande é ser a referência em educação de alta qualidade no universo de tecnologia, inovação e negócios, criando um verdadeiro ecossistema educacional. Uma aceleradora de carreiras que entrega os profissionais já preparados para os desafios da nova economia digital", afirma Paulo de Tarso, CEO da XP Educação.

De acordo com o executivo, a criação da faculdade teve como referência o conceito de employer university (universidade conectada a empresa), uma metodologia utilizada em países como EUA, Alemanha e Áustria e que, segundo Tarso, tem tido bastante sucesso.

"Na prática, estamos trazendo para o mercado financeiro e de tecnologia do Brasil uma tendência das principais empresas do mundo digital, como Google e Amazon, que encontravam muita dificuldade na busca de talentos já prontos para as necessidades do dia a dia de trabalho, e começaram a desenvolver suas próprias escolas de graduação."

O executivo ainda diz que um dos maiores problemas corporativos é a falta de profissionais recém-formados que estejam capacitados para a realidade do mercado de trabalho.

MBAs e cursos livres Além da graduação, a XP Educação anunciou a ampliação da grade de MBA e de cursos de pós. Ao todo, são mais de 20 cursos reconhecidos pelo MEC (Ministério da Educação). Entre as novidades estão o MBA em Ciência de Dados para profissionais de Finanças e o MBA em Experiência e Sucesso do Cliente.

Diferentemente da graduação, os cursos de MBAs serão pagos. A meta da XP Educação é chegar a 10 mil alunos até o fim de 2022. Atualmente, são 3 mil alunos.

Nos cursos livres nas áreas de finanças e tecnologia é cobrado uma mensalidade única de R$ 65, que permite ao aluno acesso a todos os conteúdos.

Segundo a empresa, os alunos inscritos nas plataformas poderão se candidatar a vagas de empregos na área de tecnologia, disponibilizadas pelo setor.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos