Yasmin Brunet e "BBB23": "Não consigo sustentar um personagem"; relembre as polêmicas

Yasmin Brunet na estreia do Brasil na Copa do Mundo 2022 (Foto: Eduardo Martins/AgNews)
Yasmin Brunet na estreia do Brasil na Copa do Mundo 2022 (Foto: Eduardo Martins/AgNews)

Yasmin Brunet é um dos nomes mais cotados para entrar no "BBB 23", que começa oficialmente na segunda-feira (16). Modelo e atriz, a carioca de 34 anos se separou do campeão mundial de surfe, Gabriel Medina, em janeiro do ano passado, e desde então seu nome está em evidência. Durante uma entrevista em agosto, Yasmin falou sobre a vontade de participar do reality da Globo. "100% BBB, quero muito, inclusive. Garanto que eu rendo sem bebida", adiantou no "PocCast".

Questionada sobre seu temperamento, ela adiantou que o público pode esperar caso seja confinada nos Estúdios Globo. "Não sei o que vou entregar, são picos, mas isso é bom, porque você dá tudo que uma pessoa quer ver. Eu não consigo sustentar um personagem nem por um segundo, não consigo", disse ela, evidenciando sua personalidade do signo de gêmeos.

Treta à vista?

A possível entrada de Yasmin Brunet já acende um alerta entre os fãs. Outro nome bastante cotado para integrar o elenco é o da atriz Bruna Griphao, ex-namorada de Medina, e suposto desafeto da modelo. A modelo adiantou como seria sua reação se encontrasse algum rival no confinamento.

"Quando eu não gosto de alguém, não gosto nem de estar no ambiente que a pessoa está. Não consigo falar com uma pessoa que eu não gosto, cumprimentar e ser legal. Não consigo", revelou no podcast .

Confinada e vilã?

Nas redes sociais, Yasmin está publicando conteúdos genéricos sobre sua marca de beleza, lançada no começo de 2022. A estratégia aparentemente é aproveitar que seu nome está em alta com a exposição no reality para bombar a marca Yasmin Beauty, assim como fez Bianca Andrade, no "BBB 20". Já sobre a persona que deve mostrar no confinamento, Yasmin deixou pistas."Então, eu acho que eu sou a vilã. Não tem problema, eu sou a vilã", diz em um vídeo de dublagem.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Mística, Yasmin acredita em sereias, ETs, e revelou em 2014 que se alimenta com sementes de maconha para cuidar da beleza.

"Seria a semente de cânhamo ou hemp ou maconha. É a semente própria para comer e, sim, ela tem milhões de benefícios, muita proteína e óleos. Não contém nada de THC (substância alucinógena da maconha), qualquer um pode consumir”. Nutricionistas e endocrinologistas confirmam os benefícios, mas a semente de maconha não pode ser comercializada no Brasil", disse na época. Relembre a carreira da modelo internacional e as polêmicas.

Tatuagem para Kayky Brito

Yasmin namorou o ator Kayky Brito quando tinha 14 anos. Os dois ficaram juntos por três meses. Na época, ela contou que tentou fazer uma tatuagem caseira para o namorado, revelando a história durante uma entrevista para a capa da revista "Capricho" em 2003.

"Quando Yasmin vai calçar a bota, me conta que tentou fazer um K, de Kayky, no pé com agulha e caneta. (Meninas, não tentem fazer isso em casa!) É claro que a tatuagem não deu certo e, felizmente, não deixou nenhuma cicatriz. Já Kayky não teve a mesma sorte. Ele fez um Y no pé com compasso e a letra ainda está lá", diz um trecho da matéria da revista no começo de 2003. O namoro adolescente durou três meses.

Yasmin Brunet na revista Capricho de 2003 (Reprodução/Revista Capricho)
Yasmin Brunet na revista Capricho de 2003 (Reprodução/Revista Capricho)

Namoro na TV

Ainda em 2003, Yasmin foi flagrada curtindo o show da banda Charlie Brown Jr. ao lado de Sérgio Hondjakoff, que estava no auge da carreira como o Cabeção, de "Malhação". Os dois assumiram a relação na semana seguinte no extinto "Domingão do Faustão", da Globo.

Recentemente, Yasmin demonstrou apoio ao ex-namorado. Em junho do ano passado, Sérgio compartilhou um vídeo mostrando sua evolução após ser internado em uma clínica para dependentes químicos em Sorocaba, no interior de São Paulo. O artista luta contra a dependência química.

Emancipada aos 16

Filha da consagrada modelo Luíza Brunet, com o empresário Armando Fernandez, Yasmin seguiu os passos da mãe no mundo da moda. Ela foi emancipada ao completar 16 anos e se mudou para Nova York, nos EUA, onde começou uma carreira de sucesso como modelo internacional. Ela também cursou cinema na renomada Universidade de Nova York, além de ser formada como atriz em um curso profissionalizante.

RIO DE JANEIRO, BRAZIL - MARCH 24:   Model Yasmin Brunet presents a creation by designer Casa de Noca as part of Fashion Rio Winter 2004 in Rio de Janeiro, Brazil, March 24, 2004. (Photo by: Fernanda Calfat/Getty Images)
Yasmin Brunet no Fashion Rio em março de 2004 (Photo by: Fernanda Calfat/Getty Images)

Estreia na TV

Em 2015, Yasmin estreou como atriz dando vida a Stephanie, apelidada de Sereia, em "Verdades Secretas". A personagem era uma das modelos da agência de Fany (Marieta Severo) e também fazia parte do book rosa, nome dado ao trabalho de prostituição entre as modelos. Na trama, seu sonho era arrumar um marido rico para ser bancada. Ela protagonizou cenas quentes na produção, que ganhou o Emmy Internacional de Melhor Novela em 2016.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Primeiro casamento

Ao se mudar para Nova York, Yasmin conheceu o modelo Evandro Soldati, que também começava sua carreira internacional na cidade. Os dois se casaram em 2012 e ficaram juntos por 15 anos. O casamento acabou em março de 2020.

Casal que pratica yoga junto, evolui junto! (Foto: Reprodução/Instagram)
Casal que pratica yoga junto, evolui junto! (Foto: Reprodução/Instagram)

Namoro com Gabriel Medina

No dia 13 de março, uma fã fotografou Yasmin ao lado de Gabriel Medina em um bar em São Paulo. Uma semana depois, o casal anunciou que estava morando junto. Por conta do decreto do governo sobre o confinamento para conter a primeira onda da pandemia da Covid-19, o casal decidiu passar o isolamento na casa de praia de Gabriel, em Maresias, no litoral de São Paulo.

Segundo casamento

Em dezembro do mesmo ano, o casal oficializou a relação em uma cerimônia discreta, no Havaí, nos Estados Unidos. Eles pagaram US$ 500 pela celebração, sem a presença de amigos ou parentes. Ela acompanhava o surfista, que estava no arquipélago para disputar a primeira etapa da temporada do Circuito Mundial de surfe. "Obrigada por tudo e muito mais. Você foi feito pra mim. Te amo, meu lindo, Gabriel Medina", escreveu na época.

Contrários à união, a mãe do atleta Simone Medina, e o padrasto Charles Saldanha, cortaram relações com o casal e pararam de seguir Gabriel e Yasmin nas redes sociais.

Treta na família

A mãe do atleta partiu para uma briga pública por meses, que acabou na Justiça. Simone acusou Yasmin de ser controladora e, supostamente comparou a modelo a uma atriz pornô, além de criticar Luiza Brunet.

"Quero me manifestar sobre algumas notícias que saíram essa semana. Uma delas diz que existiria um vídeo íntimo meu em posse de uma familiar do meu marido. Essa informação não procede. Não existe tal material. E nunca existiu. No entanto, eu preciso ressaltar que, mesmo que existisse, é lamentável querer diminuir uma mulher exercer sua sexualidade", escreveu a modelo na época.

"E só estou vindo a público, porque eu e Gabriel estamos cansados dessa espetacularização da nossa vida. E para acabar também com essas especulações e criações, que são uma tentativa lastimável de tentar atacar a minha honra".

Gabriel cortou relações profissionais com a família, Simone foi proibida de usar a imagem do filho comercialmente. Meses depois, ela fechou o Instituto Gabriel Medina, com sede na Praia de Maresias, em São Sebastião (SP), após Gabriel exigir que ela e o padrasto renunciassem os cargos de administradores.

Yasmin Brunet e o marido Gabriel Medina, Medina com a mãe, Simone. Foto: reprodução/Instagram @yasminbrunet1 e @simonemedina
Yasmin Brunet e o marido Gabriel Medina, Medina com a mãe, Simone. Foto: reprodução/Instagram @yasminbrunet1 e @simonemedina

Barrada

Antes dos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2021, Yasmin foi impedida de embarcar para o Japão ao lado de Medina, por conta das regras de saúde do país contra a Covid-19, que liberou apenas um acompanhante por atleta. Quando o técnico de Medina foi privilegiado, a modelo acusou o Comitê Olímpico de perseguição.

"Ele está no melhor momento da carreira dele. Isso é nítido, todo mundo sabe. Ele tá indo representar o Brasil. Por que eles estão fazendo esse tipo de descaso? Esse tipo de patriotismo seletivo não faz sentido para mim", desabafou a modelo na época.

Quando o atleta acabou eliminado da competição na semifinal, Yasmin se revoltou acusando os juízes de roubarem contra o marido. "Você foi roubado na cara dura e ninguém fez nada! Você fez tudo o que podia e muito mais. O Brasil todo viu. Infelizmente, como o surfe é subjetivo, dá para roubar fácil para as pessoas", reclamou Yasmin, no Instagram.

Separação

Yasmin Brunet e Gabriel Medina (Reprodução Instagram)
Yasmin Brunet e Gabriel Medina (Reprodução Instagram)

Em janeiro do ano passado, Gabriel e Medina anunciaram o fim do casamento de dois anos. Gabriel teria decidido pelo fim da relação porque estava incomodado com a forma controladora e ciumenta de Yasmin. Na época, ele saiu da mansão construiu para os dois morarem com vista para o mar, em Maresias. O surfista também deu uma pausa na carreira para cuidar da saúde mental.

Acusada de tráfico humano

Em outubro do ano passado, Yasmin teve o seu nome envolvido em um suposto caso de tráfico humano, que foi investigado pela Polícia Civil de Minas Gerais. Letícia Maia, de 21 anos, dizia ter escapado de um cativeiro nos Estados Unidos, comandado pela artista e a coach Katiuscia Torres Soares. O caso ganhou repercussão, mas a polícia descartou o suposto crime. Letícia Maia e as influencers Katiuscia Torres e Desirrê Freitas, foram presas nos Estados Unidos.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
<p>Yasmin Brunet vai processar responsáveis por falsas acusações de tráfico humano (Foto: Agnews)</p>
Yasmin Brunet vai processar responsáveis por falsas acusações de tráfico humano (Foto: Agnews