YG nega mudança do BLACKPINK para afiliada THE BLACK LABEL, de Teddy

BLACKPINK estará de casa nova em 2023? Segundo informações do portal Korea Herald, o grupo formado por Jennie, Jisoo, Lisa e Rosé mudará sua agência para a afiliada da YG Entertainment, THE BLACK LABEL, fundada pelo produtor musical Teddy, responsável por vários sucessos do quarteto. No entanto, pouco após a divulgação pelo site de notícias sul-coreano, a empresa negou a alteração, de acordo com uma breve nota enviada ao AllKpop, afirmando apenas "é falso".

Uma fonte disse ao Korea Herald que as discussões sobre a mudança de gestão das artistas estariam sendo feitas desde o início deste ano. Não foram divulgados mais detalhes. Seus contratos permanecem ativos com a YG.

THE BLACK LABEL era uma subsidiária da YG mas, em novembro de 2020, passou a ser uma empresa associada, ou seja, ficando sob controle em apenas de 20% a 50% pela YG.

Enquanto isso, a YG anunciou a estreia de um novo grupo de K-pop para 1º de janeiro de 2023 (no horário de Seul). A revelação será feita ao meio-dia deste sábado, 31, no horário de Brasília. O teaser divulgado nesta sexta-feira mostra um fundo vermelho com sete silhuetas femininas à frente.

Além disso, outra notícia que movimentou as redes sociais foi o anúncio nesta quinta-feira sobre a saída do grupo iKON da YG. Os seis integrantes, Jinhwan (Jay), Yunhyeong (Song), Jiwon (Bobby), Donghyuk (DK), Junhoe (JU-NE) e Chanwoo (Chan), pretendem continuar as atividades sob uma nova gravadora, de acordo com o Edaily.