"Yony González fica no Flu até dezembro, se não acontecer nada fora da curva", diz intermediário da sua negociação

Yony González, em ação pelo Flu contra o Botafogo. Foto: Magalhães Júnior/Photopress/Gazeta Press

Nos últimos dias, o nome de Yony González foi colocado como reforço do Palmeiras para 2020. O atacante colombiano tem contrato com o Fluminense até dezembro de 2019 e já pode assinar um pré-contrato com outra equipe. Atlético-MG e Corinthians também monitoram a situação do jogador. O Flu tenta mantê-lo no clube.

O blog conversou com o empresário Maurício Nassif, intermediário da sua vinda para o Brasil, sobre uma provável negociação com o Palmeiras.

Nassif foi direto: “Os próximos jogos e dias vão dar um sinal do caminho ou Brasil ou exterior, mas de fato deve ficar no Flu até o fim do ano, caso nada fora da curva aconteça”, concluiu.

Uma pessoa ligada à diretoria do Palmeiras, pedindo anonimato, deu sua versão sobre Yony ao blog. “Não existe absolutamente nada. É preciso tomar cuidado porque tem muito empresário valorizando seus atletas”, afirmou.

Apesar do desmentido palmeirense, vamos aguardar os próximos acontecimentos. Dirigentes e representantes de atletas têm evitado comentários sobre possíveis e futuros negócios para não atrapalhar as conversas. Tem sido assim, em muitos casos recentes no futebol brasileiro, com as negociações sendo confirmadas em seguida.

Yony tem 25 anos e foi revelado pelo Envigado da Colômbia. Passou por três temporadas no Júnior de Barranquilha, até chegar ao Fluminense, em 2019. Pelo tricolor carioca, são 36 jogos e 15 gols marcados, com uma boa média de atuações.