Youtuber agredido por Et'oo mostra estragos e espera justiça no Catar: 'O respeitava como jogador'

Depois de ser agredido por Samuel Et'oo na saída do Estádio 974, após a vitória do Brasil contra a Coreia do Sul, o youtuber argelino Sadouni SM agradeceu o apoio dos seguidores e disse esperar que a justiça do Catar faça algo pela situação. Ele ainda lamentou o ocorrido com o astro camaronês.

"O Estado do Catar sabe meus direitos. Et'oo, eu o respeitava como jogador. Mas, infelizmente, o que fez comigo e meu país permaneceu", escreveu no Instagram.

O caso

O ex-atacante Samuel Et'oo não encarou tão bem a abordagem do youtuber Sadouni SM e agrediu o argelino na última segunda-feira, dia 5, na saída do Estádio 974, após a vitória do Brasil contra a Coreia do Sul. A motivação teria sido uma provocação do comunicador ao atual presidente da Confederação Camaronesa de Futebol. Sadouni quis saber como estava Bakary Gassama, o árbitro que comandou a partida entre Argélia e Camarões nas eliminatórias, que causou polêmica por anular gols. O youtuber teria perguntado ainda se Et'oo teria subornado o juiz.

Veja o vídeo:

No vídeo publicado pelo jornal "La opinion", da Espanha, é possível ver Et'oo chutando o youtuber. Pessoas tentavam acalmá-lo, sem sucesso. Nas redes sociais, Sadouni mostrou o estrago, como a câmera quebrada, além de roxos pelo corpo. Ele disse que estava na delegacia prestando queixa.