Youtuber argelino diz que apanhou de Eto'o por pergunta sobre suborno

Eto'o, presidente da Federação Camaronesa de Futebol (Foto: Stephen McCarthy - FIFA/FIFA via Getty Images)
Eto'o, presidente da Federação Camaronesa de Futebol (Foto: Stephen McCarthy - FIFA/FIFA via Getty Images)

O vídeo em que Samuel Eto'o, atual presidente da Federação Camaronesa de Futebol (Fecafoot), aparece agredindo um homem já ganhou as redes sociais. O fato aconteceu na saída do estádio 974 após a vitória do Brasil sobre a Coreia do Sul, por 4 a 1. O homem é o youtuber Sadouni SM.

Sadouni disse, em suas redes sociais, que já prestou queixa sobre as agressões e revelou que fez uma pergunta sobre o árbitro Bakary Gassama, que apitou o segundo jogo da repescagem das eliminatórias africanas para a Copa do Mundo entre Argélia e Camarões.

Leia também:

"Juro por Deus, juro por Deus Todo-Poderoso, ele me bateu, e há provas. Depois de uma investigação, publicarei um vídeo para vocês. Há testemunhas disto, e o Qatar vai preservar meu direito de te ver quando sairmos da delegacia, estou num centro de investigação", escreveu Sadouni na publicação.

No vídeo, ele complementou: "Estou na delegacia para prestar queixa contra o Eto'o, ele me bateu e outro com ele me empurrou e destruiu minha câmera".

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O problema do jogo da pergunta de Sadouni é que a Federação Argelina de Futebol entrou com recurso na Fifa, requisitando um novo jogo, porque acreditava que tinha sido prejudicada pela arbitragem na partida. Camarões venceu por 2 a 1.

"Houve uma arbitragem escandalosa que distorceu o resultado do jogo. A federação está determinada a usar todos os meios legais à sua disposição para que os seus direitos sejam restabelecidos num novo jogo, com garantias de honestidade e imparcialidade da arbitragem", dizia o comunicado.

Nas redes sociais, outros vídeos de Sadouni também apareceram. Em um, ele é visto importunando torcedores de Camarões.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.