Youtuber Jake Paul cancela luta de boxe contra Tommy Fury

Jake Paul desmarcou o combate com Tommy Fury que alegou problemas para viajar aos Estados Unidos. Foto: Rich Graessle/Icon Sportswire via Getty Images
Jake Paul desmarcou o combate com Tommy Fury que alegou problemas para viajar aos Estados Unidos. Foto: Rich Graessle/Icon Sportswire via Getty Images

Jake Paul cancelou sua luta de boxe com Tommy Fury depois de afirmar que o meio-irmão de Tyson Fury 'não estava interessado e literalmente se escondeu'.

O youtuber que virou boxeador deveria enfrentar Fury no dia 6 de agosto no Madison Square Garden, mas as dúvidas sobre a luta começaram a surgir quando o britânico foi proibido de viajar para a América para sua entrevista coletiva.

Leia também:

Paul, desde então, foi ao Twitter para anunciar que ele e sua equipe emitiram um aviso de rescisão de Fury depois de fazer 'tudo' que podiam para organizar a luta.

Fury respondeu compartilhando uma declaração em seu Instagram. Dizia: 'Estou arrasado e desapontado com os problemas que enfrentei com a entrada nos Estados Unidos.

“Isso é algo que eu ou minha equipe nunca poderíamos imaginar que aconteceria. Esta situação foi deixada com os meus advogados, pois a recusa de entrada em um país é obviamente uma questão muito séria e precisa ser resolvida posteriormente. Estou confiante de que essa luta acontecerá quando este problema for resolvido e chegarmos a uma solução. Quero esclarecer que lutarei em um país neutro em que ambas as partes possam entrar. Isso pode ser a qualquer hora, em qualquer lugar, em qualquer lugar”, explicou.

A dupla deveria resolver sua rivalidade em dezembro na Amalie Arena, na Flórida, mas Fury teve que desistir com uma costela quebrada e uma infecção no peito.

Fury gravou um vídeo explicando por que não conseguiu embarcar em seu voo para os Estados Unidos para promover a luta no mês passado.

“E assim que entrei no aeroporto, fui puxado para um lado e fui informado pelo oficial de Segurança Interna que estava lá que meu visto havia sido negado e eu não podia viajar para os EUA por um motivo que aparentemente conhecer”, lamentou.

“Então agora estou tendo que ir às embaixadas e todo esse tipo de coisa, tentando resolver isso e estou no meio do treinamento, pessoal, não sei por que isso aconteceu hoje - é um enorme choque para mim e para toda a minha equipe”, seguiu.

Paul posteriormente deu a Fury um prazo - alegando que a luta seria cancelada se ele não tivesse comparecido à embaixada americana antes da manhã de quarta-feira.

Com o prazo de quarta-feira passado, Paul foi às mídias sociais mais uma vez para anunciar que havia emitido um 'aviso de rescisão' para Fury. O YouTuber que virou boxeador agora está planejando uma luta contra o peso pesado Hasim Rahman Jr.

Embora Rahman Jr não tenha lutado com muitos grandes nomes enquanto construía um recorde de 12-1, seu pai nocauteou Lennox Lewis para levar o campeonato mundial de pesos pesados ​​em 2001 em uma das maiores surpresas que o esporte viu em anos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos