Youtuber revela quanto e como faturou o dobro em anúncios no YouTube

Natalie Rosa

Você já parou para pensar em quanto ganha um youtuber? A fortuna dos criadores de conteúdo mais famosos da plataforma de vídeos vem de contratos de publicidade e anúncios do Google exibidos em seus vídeos. Dependendo do alcance e número de inscritos, o valor pode chegar a números inimagináveis.

Pensando em sanar a curiosidade de seus fãs e de pessoas que têm o interesse de entrar nesse mercado, a youtuber Shelby Church compartilhou o quanto ela recebeu de anúncios no YouTube somente em 2019: cerca de US$ 140 mil (algo em torno de R$ 583 mil). A quantia é o dobro do arrecadado em 2018 pela criadora.

Church conta que a fonte principal de sua renda como uma criadora de conteúdo vem do patrocínio de marcas, que aproveitam a popularidade da jovem para divulgar seus produtos e serviços. E, logo na sequência, a fortuna vem de anúncios do Google que são inseridos em seus vídeos.

Para poder monetizar seus vídeos no programa de parceiros do YouTube, os criadores precisam contar com, pelo menos, mil inscritos e quatro mil horas de conteúdo assistido. Então, os anúncios são filtrados pelo Google, que decide quanto será a renda do youtuber com base em tempo assistido, tamanho e tipo de vídeo, dados demográficos, entre outros detalhes.

Imagem: Reprodução/Instagram

Mas como Church conseguiu dobrar a sua renda de um ano para o outro no YouTube?

A youtuber contou que, para conseguir arrecadar mais com anúncios, é preciso levar em conta a quantidade de ads inclusos em um vídeo e o tempo de duração dele. Ela recomenda que os anúncios do Google sejam inseridos em momentos estratégicos, antes que a pessoa feche o vídeo.

As pessoas costumam desistir de assistir um vídeo quando, por exemplo, ele tem uma introdução muito longa ou se o youtuber se prolonga demais em um mesmo assunto, como conta o Business Insider em conversas com pessoas relacionadas à indústria.

Os criadores de conteúdo, então, acabam optando por fazer vídeos mais longos para poderem inserir mais anúncios. No caso de Church, os vídeos de 2018 tinham menos de 10 minutos e apenas um anúncio era incluso. Mas, em 2019, ela começou a aumentar a duração de cada conteúdo para inserir mais anúncios e, consequentemente, ganhar mais dinheiro.

No entanto, é preciso analisar o público e o tipo de conteúdo antes de sair fazendo vídeos longos, até para ter certeza de que eles realmente serão interessantes. Ou seja, as estratégias adotadas por Church precisam ser adaptadas para cada canal para que deem certo.


Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: