Yuri Marçal denuncia ameaças e perseguição após campanha para virar votos na eleição

Yuri Marçal no pôster oficial
Yuri Marçal no pôster oficial "Ledo Engano", especial de comédia da Netflix. (Foto: Divulgação/Netflix)

O humorista Yuri Marçal usou seu perfil no Instagram nesta quarta-feira (26) para informar que recebeu ameaças por fazer campanha para "virar votos" no segundo turno das eleições presidenciais. Em vídeo, ele expôs os ataques racistas que recebeu nos últimos dias e revelou que uma das ameaças envolviam informações pessoais de sua noiva, a atriz Jeniffer Dias.

“Eu faço comédia há pouco mais de seis anos e meu princípio na comédia sempre foi fazer as pessoas rirem. É claro que pode ter a consequência da pessoa absorver um conhecimento sobre um assunto ou outro, mas o meu objetivo é e sempre vai ser fazer as pessoas rirem", disse ele no início da gravação.

O comediante contou que publicou nas redes sociais um vídeo de 40 minutos a respeito do 2º turno das eleições e sobre virar voto. Neste pleito, ele se posiciona a favor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e tem feito críticas contra o atual presidente e também candidato, Jair Bolsonaro (PL).

"O vídeo foi super bem, recebi várias mensagens, dezenas inclusive de virada de voto, nem imaginava isso por conta desse vídeo e também junto delas, vários xingamentos e várias ameaças. Vocês sabem bem de quem”, declarou.

“Dentre esses xingamentos, agora à noite, uma das ameaças que eu recebi, na verdade foram duas, foi a placa do carro da minha noiva, Jeniffer Dias”, informou o comediante, que conta com mais de 1 milhão de seguidores somente no Instagram. “É complicado porque envolve uma outra pessoa que não eu. Porque se eu recebo ameaças e como já recebi várias vezes e infelizmente normalizei isso, eu me viro e vamos lidar com essas consequências”, continuou antes de explicar sua decisão de tirar o vídeo do ar, uma vez que as ameaças se direcionaram a sua noiva.

"Eu não quero que ninguém, principalmente pessoas que eu amo, sejam prejudicadas por uma coisa que eu tenha falado. Eu decidi arquivar o vídeo, vou arquivar esses que estão aqui e nas outras redes sociais, mais curtos. Eu não quero ser mártir de nada, não tenho peito de aço e a gente tem que se proteger e proteger as pessoas que eu amo", declarou Marçal.

Ele completou o vídeo informando que já recebeu todo o amparo necessário, de segurança e jurídico, e também já acionou as autoridades. Além disso, Jeniffer também já estava em casa, segura. Assista: