Zé Trovão alega perseguição de Alexandre de Moraes e pede asilo político no México

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 23.10.2019: O ministro do STF, Alexandre de Moraes. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 23.10.2019: O ministro do STF, Alexandre de Moraes. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Articulador das manifestações de 7 de Setembro e dos bloqueios em estradas nos dias subsequentes, o caminhoneiro Marcos Gomes, mais conhecido como Zé Trovão, protocolou um pedido de asilo político ao governo mexicano.

Os documentos foram enviados à reportagem pelo seu advogado, Levi de Andrade.

No documento de solicitação ao governo mexicano, Zé Trovão diz ser vítima de perseguição política. Ele tem pedido a destituição dos ministros do STF e tem atacado Alexandre de Moraes, que autorizou operação de busca e apreensão nos endereços ligados ao caminhoneiro e, posteriormente, determinou sua prisão preventiva.

As datas no documento mostram que ele foi protocolado no começo do mês, antes ainda dos atos de 7 de Setembro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos