Zack Snyder gastou milhões para "apagar" ator acusado de assédio

·2 minuto de leitura
Chris D'Elia (à esquerda) e a sua substituta em
Chris D'Elia (à esquerda) e a sua substituta em "Army of the Dead", Tig Notaro (reprodução)

Resumo da notícia:

  • Zack Snyder revelou em entrevista que precisou gastar "milhões" para apagar Chris D'Elia de "Army of the Dead: Invasão em Las Vegas" (2021)

  • E'Lia foi acusado de pedir fotos nuas de menores de idade nas redes sociais. O ator admite que é viciado em sexo

  • Para o seu lugar no filme de zumbis, Snyder escalou a comediante Tig Notaro

Zack Snyder precisou gastar milhões para apagar Chris D'Elia das cenas de "Army of the Dead: Invasão em Las Vegas" (2021). O ator foi acusado de pedir fotos nuas de menores de idade nas redes sociais e acabou excluído do projeto após gravar inúmeras cenas com o elenco.

“Saiu caro, com certeza”, disse a produtora do filme e esposa de Zack, Deborah Snyder, à Vanity Fair. "Alguns milhões", admitiu ela. Para o lugar de D'Elia, a produção escalou a atriz e comediante Tig Notaro para uma nova personagem, Marianne Peters.

Leia também:

Segundo Deborah Snyder, a pandemia do novo coronavírus dificultando o trabalho da equipe. “Gravamos durante 14 dias as cenas da Tig. Não fosse a pandemia provavelmente teríamos trazido o elenco inteiro de volta e regravado com todo mundo", disse ela.

Army Of The Dead, novo filme de Zack Snyder na Netflix. Foto: Divulgação
Army Of The Dead, novo filme de Zack Snyder na Netflix. Foto: Divulgação

"Mas não tínhamos esse luxo. Tentamos manter as coisas simples. Tentamos manter tudo em segurança. Os estúdios ainda estavam fazendo acordos com os sindicatos para estabelecer os termos do retorno”, complementou.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

A solução, então, veio da tecnologia. “Como um dos primeiros a voltar fomos muito conservadores em nossa abordagem, então optamos por gravar tudo com fundo verde. Graças a Deus o nosso supervisor de efeitos especiais é maravilhoso", finalizou Deborah.

Visto em séries como "The Good Doctor" e "You", Chris D'Elia foi alvo de uma série de acusações de assédio sexual em 2020. Apesar de negar que tenha feito algo sem consenso, ele divulgou um vídeo (abaixo) em seu canal no Youtube admitindo que é viciado em sexo.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.