Zapatistas vão se reunir com grupos anticapitalistas na Europa

Uma viagem por cerca de 30 países na Europa, para denunciar temas como a violência contra as mulheres, o genocídio de povos originários, racismo, militarismo e a exploração, espoliação e destruição da natureza. Nesta segunda-feira, começou a jornada de sete membros do Exército Zapatista de Libertação Nacional em uma viagem que vai levar de seis a oito semanas.