Zara terá que esclarecer cobrança de sacola e embalagem de presente à Senacon

A Zara terá que esclarecer à Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) do Ministério da Justiça e Segurança Pública, a suposta cobrança por sacolas e embalagens de presente.

Xepa on-line: Produtos perto da validade com descontos de até 70% em aplicativos ajudam a enfrentar inflação

Biscoito aveia e mel sem mel: Senacon notifica Nestlé por suposta propaganda enganosa

Disparada: Inflação do café da manhã atinge em cheio o clássico pingado com pão na chapa

A empresa foi notificada nesta segunda-feira, dia 13, e tem dez dias corridos para responder à Senacon. Caso não responda no prazo, poderá ser aberto um processo administrativo

Segundo a Senacon, a rede de lojas espanhola estaria cobrança um valor adicional de R$0,60 por sacola e de R$0,80, pelo envelopes de presente.

Rir para não chorar: Leite em pó a R$ 2,79 em encarte de 2001 viraliza, e internautas se assustam com diferença de preço

Em nota, o ministro da Justiça, Anderson Torres destacou que é preciso que a cobrança esteja clara para o consumidor que chega à loja, não pode ser o cliente surpreendido com valor adicional ao chegar ao caixa. O ministro afirma ainda que o objetivo da notificação é reforça a transparência nas relações de consumo.

Além de esclarecer se a cobrança foi devidamente informada ao público, a rede terá que responder se há outros meios do consumidor levar os produtos comprados na loja e ainda justificar o valor cobrado e o material usado para a produção das sacolas e das embalagens.

Atacarejo ganha espaço: Inflação nas alturas leva consumidores à "infidelidade" com as marcas

A reportagem ainda não conseguiu localizar representantes da Zara no Brasil, mas já enviou um pedido de posicionamento a matriz na Espanha.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos