Zé Neto assume culpa após polêmica com Gusttavo Lima: "Joga pra mim, irmão"

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Foto: Lucas Ramos/Agnews e Fabio Rocha/Globo
Foto: Lucas Ramos/Agnews e Fabio Rocha/Globo

Zé Neto, dupla de Cristiano, assumiu a culpa pela perseguição que os sertanejos estão enfrentando, sobretudo Gusttavo Lima, após ter alfinetado a cantora Anitta em um show. Enquanto Gusttavo se explicava em uma live nesta segunda-feira (30), o artista afirmou que esse problema pode ficar na conta dele.

"Cara, quem tem que dar satisfação sou eu, irmão. Tô atravessando uma fase ruim, sou seu irmão. Não precisa se explicar, joga para mim, irmão. Não tem nada a ver com você", escreveu Zé Neto, que voltou o olhar do público para os sertanejos após mencionar a tatuagem que Anitta fez no ânus.

A polêmica, somada ao fato de um locutor criticar o comunismo em um show de Gusttavo, fez com que o público fizesse uma busca para descobrir os cachês desses artistas em cidades pequenas, como Conceição do Mato Dentro (MG), mesmo sabendo que o valor seria pago com dinheiro público. Na live, Gusttavo se pronunciou sobre a onda de ataques que tem sofrido.

"Tem muita inverdade sobre meu nome, sobre minha carreira. Vocês sabem da minha índole, do meu caráter. Quando a gente mexe com honra, há pessoas por trás. Então, eu só queria que vocês tivessem mais cuidado. [...] Nunca me beneficiei de dinheiro público, empréstimo ou algo do tipo. Não compactuo com isso. Minha vida sempre foi trabalhar. Em 2019, fiz quase 300 shows. Pago todos os meus impostos em dia", começou o cantor, que justificou o valor com base no tamanho de sua equipe e estrutura.

O sertanejo ainda desabafou sobre os comentários que tem lido sobre toda a situação: "É pesado aguentar tanta gente me batendo, me esculhambando como se eu fosse um filho da p*ta. Estou sendo massacrado como se eu fosse um criminoso. Um cara que trabalha para car*lho, que trabalha muito. [...] Aqui, não existe coisa errada. Aqui, existe apenas um lema: trabalho, trabalho, trabalho. Não quero dinheiro do povo".

Veja o vídeo completo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos