Zebras à vista: Derrota da Argentina agita mercado de apostas e põe campeões em xeque

O terceiro dia da Copa do Catar começou com uma grande surpresa. Favorita no grupo C, a Argentina até saiu na frente da Arábia Saudita, mas sofreu a virada e acabou perdendo o jogo por 2 a 1. A partida tinha os hermanos como grandes favoritos, com casas de apostas chegando a pagar 23 vezes o valor investido em caso de vitória saudita.

Simulador: você decide quem será campeão da Copa do Catar

Copa do Mundo: Colunistas do GLOBO analisam derrota da Argentina em estreia

Porém, a zebra entrou em campo, e o time de Lionel Messi saiu derrotado. Com isso, a atenção se volta, agora, para outras partidas que têm azarões enfrentando favoritas ao título com grandes cotações.

Exemplo disso é o retorno em caso de derrota da atual campeã, França, diante da Austrália, na tarde desta terça-feira. Para essa partida, apostas podem render até 12,5 vezes o valor investido em caso de vitória da seleção da Oceania. Mesmo favorita, vale lembrar, a França tem uma série de desfalques de jogadores que nem puderam ir ao mundial, como o meia Paul Pogba, o volante N'Golo Kanté e o atacante Karim Benzema, eleito recentemente o melhor jogador do mundo deste ano.

Porém, há apostas em zebras que podem pagar ainda mais a quem queira correr o risco. Surpresa no mundial de 2010, a Costa Rica caiu no “grupo morte” dessa Copa, com as campeãs Espanha e Alemanha, além do Japão.

Uma vitória da seleção de Joel Campbell e companhia contra os espanhóis, no jogo de estreia das duas seleções no torneio, pode render ao apostador até 21 vezes o valor investido. Contra os alemães, o retorno é um pouco menor, porém, não menos atraente; vitória da Costa Rica pode pagar até 14,5 vezes o valor da aposta.

Você escala: quais os seus 11 titulares do Brasil na Copa do Mundo

Outra grande favorita em um duelo específico é a Holanda, no jogo contra os donos da casa. Isso se deve, no entanto, ao fraco desempenho do Catar em sua estreia, quando foi dominado pelo Equador e acabou perdendo por 2 a 0. Caso os anfitriões surpreendam e vençam a laranja mecânica, uma aposta nesse resultado renderia 19 vezes o valor investido.

O Brasil também tem um grande favoritismo nessa Copa. No jogo que fecha a fase de grupos, a seleção enfrenta Camarões, cuja eventual vitória contra a seleção de Tite teria um rendimento de 14,5 vezes. Em menor escala, o Brasil também é favorito contra os outros dois adversários da chave. As vitórias de Suíça e Sérvia dão um retorno de 6,75 vezes.