Zeca Pagodinho inicia academia após Covid-19, e personal detalha treino: 'Está motivado'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Com 62 anos de idade, Zeca Pagodinho nunca havia frequentado uma academia de ginástica. Dois meses após ser internado com Covid-19, o cantor resolveu priorizar a saúde. Por conta das dores que sentia nas pernas e quadril, principalmente após se recuperar do Coronavírus, ele iniciou um tratamento de fisioterapia numa clínica que fica bem perto do seu apartamento, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio.

Da fisioterapia, pulou para a academia e passou a fazer musculação. O profissional responsável por cuidar do artista é o fisioterapeuta especializado em fisioterapia esportiva André Ricardo Jesus do Nascimento, que detalhou ao EXTRA todo o plano de tratamento do cantor.

"O treino do Zeca Pagodinho, a princípio, foi terapêutico. Ele estava sentindo dores nas pernas, no quadril e muita fraqueza, principalmente pós-Covid-19. Começamos, então, com um trabalho de fisioterapeuta, e ele foi se recuperando rápido com um trabalho de manipulação, alongamento, fisioterapia e massoterapia. Essa recuperação foi tão rápida, ele se envolveu tanto e se sentiu tão bem, que eu propus a ele fazer um trabalho de reforço aqui na academia que fica na clínica. Propus a ele um trabalho de musculação, alongamento, resistência, equilíbrio, e ele gostou", detalha André.

Segundo o personal, Zeca tem se empenhado bastante em cuidar da saúde: "Ele nunca treinou, mas ele sentiu a necessidade, o corpo está pedindo um trabalho. Ele está no décimo treinamento agora e está gostando. Ele está se sentindo bem e está motivado".

Como a academia fica próxima à casa do cantor, Zeca vai a pé. Ele treina três vezes na semana, fazendo meia hora de fisioterapia e mais meia hora de força, resistência, equilíbrio e postura.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos