Zelenski acusa Rússia de capturar mais de 2 milhões de ucranianos

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente Volodimir Zelenski acusou a Rússia nesta quarta-feira (13) de ter capturado 2 milhões de ucranianos desde o início da guerra.

"Apenas imagine este número. Dois milhões de pessoas. Essa é a quantia do nosso povo que já foi levado pela Rússia", disse o líder ucraniano, afirmando que a cifra inclui dezenas de milhares de crianças.

"Todas essas pessoas foram deportadas, privadas de meios de comunicação, seus documentos foram tomados, estão sendo intimidadas e levadas para áreas remotas da Rússia", acrescentou Zelenski.

O presidente voltou a dizer que os ucranianos capturados passam por "campos de filtragem" que a Rússia teria criado nos territórios conquistados. As acusações, contudo, não puderam ser verificadas de forma independente.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos